junho 29, 2022

O Sindmotoristas, entidade que representa os motoristas, cobradores e demais trabalhadores do transporte coletivo na cidade de São Paulo, confirmaram que haverá greve de ônibus nesta terça-feira, dia 14 de junho de 2022.

Não houve acordo entre o Sindmotoristas e o sindicato patronal durante audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que aconteceu nesta segunda-feira, dia 13.

O setor patronal ofereceu os 12,47% de reajuste salarial e tíquete-refeição solicitados pela categoria, só que com pagamento a partir de outubro. Os trabalhadores rejeitaram a proposta, pois querem os reajustes a partir de maio, que é a data-base. A categoria ainda insiste no pagamento da PLR de R$ 2500 e 100% de hora extra.

Segundo o Sindmotoristas, a greve de ônibus terá início a partir da meia-noite desta terça-feira, dia 14 de junho de 2022, e é por tempo indeterminado.

“A princípio o setor patronal insistiu em oferecer apenas 10% de reajuste e ainda de modo parcelado. Agora, ofereceram os 12,47%, mas apenas a partir de outubro, o que é inadmissível”, declarou o presidente em exercício do sindicato, Valmir Santana da Paz (Sorriso).

Diante do impasse, foi decido que a categoria irá deflagrar a greve amanhã, dia 14. Sem o merecido reconhecimento, motoristas, cobradores e profissionais da manutenção cruzarão os braços nesta terça”, completou.

Leia também: Manual do divórcio: Veja o que você precisa fazer para divorciar

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Anderson Dantas

Potiguar, prestativo e empreendedor. É formado em turismo e trabalha com marketing digital. É administrador das páginas do Rede Noticiando desde 2015. Quer entrar em contato com o Anderson? Escreva para contato@noticiando.net
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.