Os bicicletários das estações Alto da Boa Vista e AACD-Servidor, da Linha 5-Lilás de metrô, operada pelo consórcio ViaMobilidade continuam fechados, é o que mostrou o telejornal ”Bom Dia SP’‘, nesta sexta-feira, 15 de março.

As estações foram inauguradas em março de 2017. Os suportes de apoio para as bicicletas, extintores de incêndio, luz e porta estão prontos, mas a área está fechada e com uma placa de manutenção. Os ciclistas não podem utilizar a área e acabam prendendo suas bicicletas em postes.

O valor inicial apresentado da obra para a contrução da linha tinha um custo de R$ 6 bilhões, o valor já subiu para R$ 10 bilhões.

Na estação Moema, os passageiros encontram outro bicicletário em manutenção. Por dentro é possível perceber que a estrutura aparenta estar concluída, mas a sala está sendo usada para guardar sinalizadores de trânsito.

O ramal ainda apresenta problemas com os elevadores das estações Capão Redondo, Campo Limpo e Giovanni Gronchi. Na estação Borba Gato, há goteira na escada rolante, que também está interditada.

Em nota, a concessionária ViaMobilidade informou que a entrega dos bicicletários está prevista para 2 de abril. Serão entregues 484 vagas para bicicletas no Alto da Boa Vista e mais 35 vagas na estação AACD-Servidor, que ainda precisa de uma obra de adequação.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.