A estação Morumbi da Linha 17-Ouro do monotrilho deve ficar pronta até o final de 2020. Pelo menos essa é a previsão de Alexandre Baldy, que retomou suas atividades à frente da Secretaria dos Transportes Metropolitanos nesta quinta-feira, dia 1° de outubro.

Apesar do avanço das obras nesta estação, ainda não há nenhuma previsão de quando ela deve entrar em operação.

As obras da Linha 17-Ouro sofreram diversos entraves judiciais, na semana passada, o Metrô de São Paulo anunciou que a Coesa Engenharia Ltda vai concluir as obras remanescentes da Linha 17-Ouro do monotrilho.

O projeto que teve as obras iniciadas em 2012, com promessa para entrega na Copa do Mundo de 2014, ao longo dos últimos anos foi marcada por diversos atrasos e brigas na justiça, em torno do andamento das obras, e na fabricação dos trens.

A Coesa Engenharia Ltda será responsável por concluir as obras das estações Congonhas, Brooklin Paulista, Jardim Aeroporto, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e o pátio Água Espraiada. Além disso, as vias por onde os trens irão passar também serão finalizadas.

Trens e a BYD

A fabricação dos 14 trens foi finalmente liberada pela Justiça e com isso, o Metrô de São Paulo ordenou que a BYD desse inicío a produção do primeiro trem, que começou na quinta-feira, dia 1° de outubro.

O contrato com a BYD, que tem valor de R$ 989 milhões e prazo de 38 meses, contempla também a instalação dos sistemas de captação de energia, redes de fibra óptica, controle centralizado, máquina de lavar trens, veículos de inspeção e manutenção de via, além de vigas para testes dos trens.

Retorno de Alexandre Baldy

Alexandre Baldy voltou ao comando da Secretaria dos Transportes Metropolitanos nesta quinta-feira, dia 1°, e a vistoria as obras da estação Morumbi foi a primeira da sua agenda pública.

Após ficar quase 50 dias afastado do cargo, Baldy, que chegou a ser preso durante uma ação da Policia Federal na Lava Jato, nega todas as acusações.

Linha 17-Ouro

Quando pronto, o trecho prioritário da Linha 17 terá oito estações e 7,7 km de extensão, ligando o Aeroporto de Congonhas à estação Morumbi, possibilitando a integração com as linhas 5-Lilás e 9-Esmeralda da CPTM.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.