A Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria de Mobilidade e Transportes finalmente abriu os envelopes da licitação do sistema de ônibus na manhã desta terça-feira, 5 de fevereiro.

A concessão é válida por 20 anos e diz respeito a operação das linhas de ônibus da capital paulista. A concorrência deveria ter sido feito em 2013, entretanto, uma série de questionamentos e suspensões impediam o certame e o sistema operava em regime de ”contratação emergencial”.

O valor dos contratos somados é de R$ 71,14 bilhões.

Ao todo, são 32 lotes, mas somente em um deles há concorrência: o lote D7, que abrange linhas dentro de bairros, é disputado pelos consórcios TransUnião e Imperial. Nos demais, há apenas uma empresa ou consórcio de empresas, sem disputa.

Os envelopes com os nomes das 20 empresas ou consórcios interessados foram abertos no Instituto de Engenharia de São Paulo, na Vila Mariana, Zona Sul da capital paulista.

Os envelopes com as propostas comerciais ficam fechados até análise da documentação dos interessados. A expectativa é que em cerca de 90 dias se saiba quem são os vencedores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Confira quais empresas apresentaram propostas pelos lotes:

Sistema Estrutural

Dividido em nove lotes, reúne ônibus de médio e grande porte, articulados, e que fazem o transporte de passageiros do Centro para os bairros. Valor total do contrato é de R$ 28,12 bilhões (R$ 28.127.313.865).

E 1 – Consórcio Bandeirante
E 2 – Sambaíba
E 3 – Viação Metrópole Paulista
E 4 – Via Sudeste
E 5 – MobiBrasil
E 6 – Viação Grajaú
E 7 – Viação Metrópole Paulista
E 8 – Consórcio TransVida (Ambiental, Transppass e RVTrans)
E 9 – Gatusa

Sistema Local de Articulação Regional

Os seus 10 lotes incluem linhas regionais e entre bairros mais afastados, com trajetos feitos por ônibus de menor porte. Contratos estão orçados em R$ 20,79 bilhões (R$ 20.794.948.745).

AR 1 – Consórcio Bandeirante
AR 2 – Sambaíba
AR 3 – Viação Metrópole Paulista
AR 4 – Express
AR 5 – Via Sudeste
AR 6 – MobiBrasil
AR 7 – KBPX
AR 8 – Viação Gato Preto
AR 9 – Consórcio TransVida (Ambiental, Transppass e RVTrans)
AR 0 – Consórcio TransVida (Ambiental, Transppass e RVTrans)

Sistema Local de Distribuição

Os 13 lotes incluem somente linhas locais, de circulação dentro dos bairros. Contratos avaliados em R$ 22,21 bilhões (R$ 22.218.767.032).

D 1 – Consórcio TransNoroeste
D 2 – Consórcio TransNoroeste
D 3 – Transunião
D 4 – Up-Bus
D 5 – Pêssego Transportes
D 6 – Allibus
D 7 – Transunião e Imperial
D 8 – Move Buss
D 9 – A2 Transportes
D 10 – Transwolff
D 11 – Transwolff

Com a nova concessão, a frota deve ser reduzida e os ônibus passarão a funcionar em três subsistemas, divididos em áreas em que as linhas funcionarão (Centro para os bairros, entre bairros mais afastados e de circulação dentro dos bairros).

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Mini bibliotecária (Tributo, Semi-deusa, selecionada). Fotógrafa aspirante e amante de astronomia.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.