outubro 1, 2022

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) está promovendo uma série de mudanças para modernizar a comunicação institucional e operacional com os seus passageiros nas cinco linhas e 57 estações, tornando as viagens mais tranquilas e agradáveis. A partir desta quinta-feira, 10 de fevereiro, os passageiros da companhia notarão alterações nos uniformes dos funcionários e ouvirão a nova identidade sonora nas mensagens operacionais e de orientação dos trens e estações.

As novidades foram apresentadas ao público em um evento com o desfile simbólico dos novos uniformes, tendo como modelos os próprios empregados, e ainda toda concepção musical para a identidade sonora dos novos avisos ao público (APs). “Ao longo dos últimos anos, estamos trabalhando para ampliar a conexão da CPTM com os nossos passageiros. A qualidade da prestação de serviço que buscamos diariamente passa pelas melhorias de infraestrutura das estações, pela inovação que adotamos para a operação, pelos projetos culturais e sociais que realizamos e pelos benefícios que devolvemos aos passageiros. A renovação da comunicação visual nos uniformes e a atualização das mensagens sonoras ampliam o diálogo com o nosso passageiro e reforçam a nossa missão de transportá-lo todos os dias com eficiência, segurança e conforto para o trabalho, suas casas, os estudos e lazer”, afirma Pedro Moro, presidente da CPTM.

Os novos uniformes e a comunicação sonora da companhia também fazem parte das celebrações do aniversário da CPTM, que em 28 de maio completará 30 anos de existência.

Uniformes

A mudança na modelagem e visual dos uniformes do time operacional de estações, tração (trens) e Centro de Controle Operacional (CCO) começa a ser implantada na Linha 13-Jade e segue um cronograma gradativo para as demais quatro linhas da companhia: 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira.

“Juntamente com a troca dos uniformes, a CPTM reforça os valores da companhia na excelência, no atendimento e na missão de servir à população.  Além de uma atualização de novos tipos de tecidos para garantir mais conforto, sustentabilidade e eficiência no uso, a revitalização dos uniformes tem papel fundamental no exercício diário da atividade com o público, facilitando a identificação dos profissionais e reforçando a busca pela excelência no atendimento aso passageiros”, explica Vagner Rodrigues, gerente de Operação da companhia.

Identidade sonora

A CPTM inova também com o lançamento da nova identidade musical para as mensagens dos trens e estações. O conceito da nova sonoridade prioriza a conexão com o passageiro, com linguagem informal, acessível e direta, adequada ao cotidiano das pessoas que circulam pelas linhas. O novo tom verbal adotado traz características positivas e mais humanizada e vai substituir todas as mensagens que estão em vigor.

Todo o estudo do projeto foi concebido em seis meses por uma equipe interna, que contou com a contratação de uma empresa especializada para os ajustes, trabalho de adequação e caracterização dos textos. Para construir a nova identidade sonora, a companhia realizou um estudo que definiu uma personalidade para a marca: transparente em sua comunicação, amigável para estabelecer relacionamento mais próximo com o passageiro e plural por sua abrangência intermunicipal, cultural e social.

Com base nesses atributos, como já é tradição em outros modais em São Paulo e Rio de Janeiro, os avisos serão iniciados por vinhetas musicais, dando lugar ao antigo gongo (sinal sonoro de atenção). A CPTM personalizou cada tipo de mensagem com uma vinheta – institucional (campanhas educativas e de orientação), operacional (indicação de estações, horários e alertas) e situações de anormalidades (interferência na circulação e serviços de manutenção temporário).

Os novos avisos foram gravados por uma voz feminina, em versões em português e inglês. “Preparamos todo esse processo pensando no passageiro que usa todos os dias os nossos trens e estações. A proposta é entregar um transporte mais acolhedor, mais amigável e confortável. Por isso, os avisos ganharam padronização e quando o passageiro ouvi-los será fácil identificar o tipo de mensagem que queremos passar com toda a clareza. Quando o passageiro compreende a situação, a relação entre todos muda para melhor”, explica Luiz Eduardo Argenton, diretor de Operação e Manutenção da CPTM.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando – A serviço da informação!

Igor Roberto

Graduando em Direito, formado em Enfermagem e Gestão Pública. É o criador do Rede Noticiando e escreve sobre temas relacionados à mobilidade urbana no Estado de São Paulo. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.