A Linha 15-Prata de monotrilho será administrada pelos próximos anos pelo consórcio ViaMobilidade Linha 15, do Grupo CCR. O consórcio foi o único a apresentar proposta para o leilão de concessão do ramal.

A sessão pública ocorreu na tarde desta segunda-feira, 11 de março, na sede da B3.

O valor da outorga foi de R$ 160 milhões e ágio de 0,59%

O edital da concessão do monotrilho da Linha 15-Prata previa o pagamento de uma outorga mínima de R% 159 milhões.

O valor é equivalente a 3% dos R$ 5,2 bilhões investidos na estrutura do monotrilho pelo Governo do Estado de São Paulo. O Sindicato dos Metroviários afirma que o descompasso dos dois valores significa um prejuízo ao interesse público.

Vale destacar que o consórcio vencedor será responsável apenas pela operação e manutenção da Linha 15-Prata do monotrilho. Obras de expansão serão de responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Sou profissional e estudante de enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.