A estação Brooklin da Linha 5-Lilás finalmente passou a ter em funcionamento as portas de plataforma. O equipamento é de extrema segurança, evita que passageiros e objetos caiam na via.

Inicialmente, os equipamentos devem operar apenas em horários de menor movimento, no formato ”operação assistida”.

A parada foi entregue em setembro de 2017, entretanto, sem o equipamento devidamente instalado. Situação que se repete em grande parte das novas estações recém-inauguradas da Linha 5-Lilás que liga o Capão Redondo até Chácara Klabin.

O presidente do Metrô de São Paulo, Silvani Alves, chegou a comentar em sua conta no Instagram o início da operação dos equipamentos.

“Hoje a estação Brooklin, da Linha 5-Lilás, iniciou o funcionamento das portas de plataforma. Mais uma conquista para que os passageiros possam ter mais segurança. Nos próximos dias será a vez da estação Santa Cruz”, disse Silvani.

Testes foram realizados na madrugada do dia 31 de maio e no sábado, 1° de junho, quem passou pela estação, viu o equipamento em pleno funcionamento.

O correspondente Anderson Dantas foi ao local conferir o funcionamento do equipamento, e no vídeo abaixo você pode conferir:

Estação Brooklin – Anderson Dantas

Outras estações

A estação Santa Cruz, que faz conexão com a Linha 1-Azul (Tucuruvi-Jabaquara) deve receber testes dos equipamentos nos próximos dias. Segundo o portal MetrôCPTM, uma análise técnica deve definir os dias em que as portas de plataforma funcionarão em forma de testes.

Atrasos

Todas as novas estações da Linha 5-lilás deveriam ter sido entregues com as portas de plataforma já instaladas e em pleno funciomanento. A Bombardier é a responsável pela instalação dos equipamentos, tanto no novo trecho (Adolfo Pinheiro-Chácara Klabin) e no antigo (Largo Treze e Capão Redondo).

A Bombardier chegou a ser multada em R$ 50 milhões pelo atraso e alegou que teve problemas com atrasos no fornecimento de peças de uma sub-contratada.

O cronograma inicial previa a instalação dos equipamentos em estações já em operação em 2014, entretanto, isso não foi cumprido. Diante desse atraso, o Metrô de São Paulo foi obrigado a concluir as plataformas de diversas estações com pisos provisórios e entrega-lás a população sem os equipamentos.

As estações Hospital São Paulo e AACD-Servidor atualmente estão recebendo a instalação de peças que correspondem a montagem dos equipamentos.


Ganhe R$ 10,00 de desconto

Precisando recarregar o seu Cartão de TransporteBaixe aqui o aplicativo RecargaPay e ganhe R$ 10,00 em desconto utilizando o nosso código NOTICIANDO. Válido apenas no primeiro uso do aplicativo.


Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.