julho 3, 2022

Desde muito pequeno o garoto Caio Dias dos Santos, de 7 anos, é ligado em meios de transporte. Primeiro foram os aviões que chamaram sua atenção. Depois, ele descobriu os trens – e por eles se apaixonou, a ponto de focar todo seu interesse nesse universo.

Por conta desse encantamento, Caio subiu a serra (ele mora em Santos) com a família na sexta-feira (dia 29 de abril) para conhecer os trens da Linha 5-Lilás de metrô, operada pela concessionária ViaMobilidade.

Foi um dia marcado pela emoção. Acompanhado dos pais, Thiago Santos e Lucyana Dias, e do colaborador da concessionária Newton Maciel Junior, amigo da família, o menino fez uma viagem sentado na cadeira do operador, dentro da cabine, visualizando de frente os trens da linha em um pequeno trecho, no pátio da Estação Capão Redondo.

Atento a tudo, Caio quase não falou durante o passeio. Mas, da sua forma, demonstrou entusiasmo ao participar daquele momento único. A visita, que se estendeu ao Centro de Controle Operacional (CCO) da linha, teve um significado especial para a família. Há pouco mais de cinco anos Caio foi diagnosticado com TEA – Transtorno do Espectro Autista.

Caio dentro da cabine do trem e na sala do Centro de Controle Operacional

“Percebemos esse interesse do Caio pelos trens quando, ainda bem pequeno, ele começou a enfileirar todos os brinquedos, como se fossem vagões”, conta a mãe, Lucyana. Ligado em desenhos e filmes sobre esse universo, Caio também passou a repetir com frequência os sons do transporte.

Em seu último aniversário, comemorado em abril, o tema, obviamente, foram os trens. “Ele ficou muito emocionado quando viu a surpresa que preparamos”, diz Lucyana. O hiperfoco em um assunto apenas é uma das características das crianças com TEA, segundo explicou Lucyana.

Com apoio de terapeutas, ela e o marido tentam utilizar a escolha do filho de uma forma positiva, que colabore para o seu desenvolvimento. “É algo que faz sentido para ele e diante do qual se acalma, interage, então estimulamos seu gosto pelo tema”, explica a mãe de Caio. Dessa forma, a visita à Linha 5-Lilás teve um caráter lúdico e terapêutico para o garoto e sua família.


No CCO, ele foi recebido carinhosamente pela colaboradora Paloma Sartori. Pôde ver o movimento dos trens e passageiros nas plataformas e estações. Ao longo do passeio, foi fotografado e filmado na cabine, na frente do trem e no próprio CCO, lembranças que, certamente, já compõem a vida de Caio, juntamente com as imagens de desenhos como “Thomas e seus amigos” e “Bob, o trem”, entre outros que ele adora ver e rever, segundo os pais.

Caio com a família, o amigo Newton (de branco, à dir.) e operadores de trem

Ao final do encontro, Caio, de olhos espertos e sempre atentos, agradeceu e balançou a cabeça assertivamente ao ser perguntado se havia gostado do percurso. À sua maneira, mostrou que o passeio teve um significado especial na sua vida.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.