A tarifa do transporte sobre ônibus em São Paulo, e dos trens da Companhia Paulista dos Trens Metropolitanos (CPTM) e da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) serão reajustas a partir dos dias 7 e 13 de janeiro, e com isso, surgiu dúvidas dos passageiros em relação aos valores das integrações durante este período.

Confira abaixo como fica:

Ônibus

Tarifa comum: R$ 4,30
Temporal 24 horas: R$ 16,40
Temporal Mensal: R$ 208,90

Integração ônibus + trilhos (entre 7 e 12 de janeiro)

Tarifa comum: R$ 7,21
Temporal 24 horas: R$ 21,20
Temporal Mensal: R$ 318,00

Integração ônibus + trilhos (a partir de 13 de janeiro)

Tarifa comum: R$ 7,48
Temporal 24 horas: R$ 21,60
Temporal Mensal: R$ 323,80

Estudantes com direito à meia-tarifa

Tarifa comum: R$ 2,15

Recarga antecipada

Os passageiros que carregarem seus cartões do Bilhete Único até às 23h59 do dia 6 de janeiro terão cobrados R$ 4,00 ao embarcar nos ônibus ou nas estações do Metrô e da CPTM. Para a integração, a cobrança será de R$ 6,96.

Passageiros que carregarem seus cartões entre 0h de 7 de janeiro e 23h59 de 12 de janeiro terão descontados R$ 4,30 nos ônibus e R$ 4,00 nas estações do Metrô e da CPTM. Para a integração, o valor descontado será de R$ 7,21.

Para recargas feitas a partir do dia 13 de janeiro, será cobrado R$ 4,30 por embarque nos ônibus e estações do Metrô e da CPTM, enquanto o valor da integração será de R$ 7,48.

Leia também

– Prefeitura de São Paulo anuncia reajuste no valor da tarifa dos ônibus a partir do dia 7 de janeiro

–  Governador João Doria reajusta valor da tarifa dos trens do Metrô e da CPTM para R$ 4,30

– Movimento Passe Livre marca data do primeiro ato contra o aumento no valor da tarifa do transporte público

Faça agora a recarga do seu Bilhete Único antes que o valor da nova tarifa entre em vigor

Antes que o valor da tarifa aumente para R$ 4,30 no dia 7 de janeiro, aproveite e faça agora mesmo a recarga do seu Bilhete Único!

Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidNão tem cobrança de taxas, é simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

1. Insira os dados do seu bilhete, escolha o tipo de recarga que deseja fazer (comum, diário ou mensal) e o valor.
2. Selecione a melhor opção para pagar a sua recarga.
3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu bilhete de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo do Bilhete Único, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público de São Paulo e Região Metropolitana?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.