junho 29, 2022

A compra de seguidores é uma prática cada dia mais frequente na plataforma do Instagram. Muitas pessoas aproveitam a oportunidade para investir em formas de ganhar dinheiro por meio do número de perfis seguidores.

Contudo, ainda que seja uma prática recorrente, existem riscos e é importante você saber como escapar de pessoas que estão ali aplicando golpes por meio dessas vendas de seguidores em sites.

Por que se compra seguidores?

Há uma série de razões que leva uma pessoa a comprar seguidores para os seus perfis no Instagram. A principal delas é a possibilidade de se faturar valores reais com os seguidores por meio de venda de publicidade, sorteios, entre outras possibilidades.

Um perfil, por exemplo, que queira comprar seguidores brasileiros. Pode muito bem contratar esse serviço por meio de um site que ofereça pacotes com preços de acordo com o número de seguidores desejado. Porém, algumas estratégias são importantes para que não se caia em golpes nesse comércio.

Quanto se paga por pacotes?

Cada site possui um domínio próprio, e também uma autonomia em relação à cobrança por esses pacotes. Dessa maneira, os valores variam muito de acordo com a quantidade de seguidores que se quer angariar com esse serviço.

Os preços, em geral, variam de 12 reais, até a casa dos 3 ou 4 dígitos. Tudo dependerá daquilo que se tem para investir e o objetivo que se quer com o aumento de seguidores. Se for, por exemplo, o engajamento para vendas, deve-se pensar em um público grande. Ou seja, um investimento maior.

Veja também: ViaQuatro e ViaMobilidade estão oficialmente no Instagram

Quais os riscos da compra de seguidores?

As pessoas que contratam esse serviço de comprar de seguidores no Instagram correm sim alguns riscos. Ainda que seja muito vantajoso para a maioria das pessoas, é importante que se saiba dos perigos que se corre com isso, para se planejar a melhor estratégia. Vejamos alguns deles:

1. Percepção de seguidores comprados

Um perfil que num dia tem um número de uns 200 seguidores e no outro milagrosamente aparece com 20 mil, talvez não pareça tão sério. Em outras palavras, se alguém segue o seu perfil e vê noutro dia que os seguidores aumentaram muito, é claro que a primeira coisa que vão pensar é que você comprou seguidores.

Uma forma de conseguir se esquivar disso é tentar conseguir seguidores do mesmo país de origem do perfil. Não todos, mas a maioria pelo menos. Assim, parecerá que participou de alguma campanha de seguidores, mas não que tenha necessariamente comprado todos eles.

2. Perda dos seguidores

Os perfis realocados de página, ou seja, colocados como seguidores no perfil que pagou por esses serviços, podem perceber isso. Por exemplo, se o seu perfil segue um amigo de anos e, simplesmente do nada, não mais o segue. Pode ser um sinal de que o seu perfil participou de um remanejamento para outro que nem conhece.

Portanto, as pessoas podem perceber e deixar de seguir. E isso não mais será uma responsabilidade de quem vendeu o pacote no início. O ideal é que a compra seja para alavancar o perfil e, depois disso, se trabalhe todos os dias para fazer crescer e aumentar pelo próprio trabalho esse número.

3. Garantias do serviço

Por não ser um serviço oficial da plataforma do Instagram, pode o comprador correr o risco em relação ao pagamento do serviço. A dor de cabeça pode aumentar se não tiver nenhuma garantia de retorno, ou mesmo se a forma de pagamento parecer muito amadora. Em caso de problemas, não se poderá reclamar à justiça por isso.

A melhor maneira de se livrar de um problema desse tamanho é justamente procurando um site que seja confiável. E como perceber se um site é confiável? Seja bem criterioso. Observe a linguagem no momento do atendimento, as opções e prazos para o pagamento, a forma de contrato, se há garantias e eventuais reembolsos, e outros critérios mais.

O importante é não vacilar. Não se está fechando um negócio com um amigo ou conhecido, mas com um vendedor. E, infelizmente, em alguns casos por acontecer que seja alguém mal-intencionado querendo aplicar um golpe em lugar dessa venda.

4. Engajamento

Quem conhece o Instagram e quem deseja ganhar dinheiro com ele, com certeza sabe que isso só acontece quando há engajamento. Isto é, somente quem sabe trabalhar com as campanhas e ter um retorno das pessoas que seguem o perfil é que terão sucesso nesse negócio de renda online.

Enfim, a dificuldade no caso dos seguidores comprados é que a maioria deles não gera engajamento, complicando um pouco. Cabe à pessoa ou empresa, como já dissemos, trabalhar muito para manter o número e, se possível, aumentá-lo. O que importa é criar fidelidade da maior parte deles? Assim, o esforço será mínimo e o retorno bem alto!

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Wagner Santos

Apaixonado por tecnologia, marketing digital e SEO com 31 anos e 8 de atuação nessas áreas, sou criador da Revista de Marketing e vários outros projetos online. Sempre buscando aprender o que a de melhor e mais atualizado sobre esses assuntos para trazer as melhores respostas para dúvidas nesse meio.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.