Quase mil passageiros caem por anos entre o trem e a plataforma das estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Só nos últimos três anos, cerca de 3 mil pessoas se machucaram, é o que aponta um balanço obtido pela TV Globo e o telejornal SP1.

Em 2015, 871 passageiros caíram nos vão; em 2016 foram 989 passageiros e, em 2017, 997 passageiros.

O levantamento mostra que, em 2017, quase 500 passageiros caíram nos vãos da linha 11-Coral; já na linha 9-Esmeralda foram 151 passageiros. Na Linha 12-Safira, houve 143 casos.

Em nota, a CPTM disse que “o vão entre o trem e a plataforma é decorrente do compartilhamento com os trens de carga”. “Para reduzir essa distância, os trens contam com estribos nas portas e a empresa está instalando borrachões ao longo das plataformas, que já foram instalados nas estações Luz e Brás”.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público de São Paulo e Região Metropolitana?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Sou profissional e estudante de enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.