julho 1, 2022

O restauro da passarela histórica da Estação Rio Grande da Serra, na Linha 10-Turquesa, depende da readequação do plano de vias, que visa promover a segregação da via de carga na região. Retirada em março de 2016, o restauro da passarela segue sem data para ocorrer.

Desde 2020 à CPTM vem sendo cobrada sobre a passarela, e muitas foram as explicações dada pela companhia sobre ela.

A Estação Rio Grande da Serra é tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (Condephaat), desta forma, qualquer intervenção no local deve ser estudada e previamente autorizada pelo órgão para não alterar as características originais.

A falta da passarela causa transtornos aos passageiros e moradores da região, desde sua retirada, já que para atravessar o local, é necessário utilizar uma passagem em nível, a mesma utilizada por carros, motos e ônibus.

Quando ocorre a passagem de um trem de carga, a demora é ainda maior para atravessar, atrasando a ida e a vinda daqueles que têm seus compromissos diários.

O Rede Noticiando entrou em contato com à CPTM para saber qual o andamento do restauro dessa passarela e em nota a companhia deu à seguinte resposta:

“A CPTM e MRS estão em tratativas para  promover a segregação da via de carga, o que irá beneficiar a população por conta da diminuição do intervalo entre as composições.

O restauro da passarela vai depender dessa readequação do plano de vias, podendo até mesmo receber uma complementação estrutural, porém mantendo todas as características históricas com a devida aprovação dos órgãos de preservação do patrimônio histórico”.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando – A serviço da informação!

Igor Roberto

Graduando em Direito, formado em Enfermagem e Gestão Pública. É o criador do Rede Noticiando e escreve sobre temas relacionados à mobilidade urbana no Estado de São Paulo. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.