Pioneiro na automação do catálogo das bibliotecas públicas ainda na década de 1980, a Prefeitura de São Bernardo do Campo, por meio da Secretaria de Cultura e Juventude, acaba de disponibilizar o catálogo de todas as bibliotecas públicas para consulta dos usuários por meio do site Biblioteca Pública de São Bernardo do Campo.

Por funcionar em rede, a novidade facilitará os empréstimos, controle e consulta por parte da comunidade. As bibliotecas públicas da cidade e espaços de leitura contam com uma frequência anual de 344 mil usuários.

Esse processo havia começado em 2012 com a instalação do Koha, um software livre, de código aberto, desenvolvido inicialmente para uma pequena biblioteca da Nova Zelândia. Com o tempo e a agregação de uma enorme comunidade de utilizadores, o software ganhou o mundo, sendo atualmente utilizado em vários países.

Entretanto, a implantação do novo sistema ficou incompleta e foi retomada em 2017. Para tanto, foi necessário fazer o inventário de todo o acervo das bibliotecas e acertar os registros da migração. O sistema também foi atualizado. Todo o desenvolvimento foi feito por servidores da Divisão de Bibliotecas Públicas, sem custos para os cofres públicos.

Não é de hoje que a Divisão de Bibliotecas Públicas trabalham para informatizar o acesso ao acervo das Bibliotecas Públicas. Ainda, na década de 1980, as Bibliotecas Públicas utilizavam um sistema desenvolvido pelos servidores da Prefeitura, o Total Automação de Bibliotecas Públicas. Com o avanço da tecnologia, o sistema ficou ultrapassado, sendo substituído pelo Koha, que agora entrou em pleno funcionamento.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.