outubro 25, 2020

A placa do Mercosul – que é ensaiada no Brasil desde 2014 e já teve a sua implementação adiada por seis vezes – passa a valer a partir de hoje para os veículos brasileiros em todo o país.

O novo padrão estreou em 2018, no Rio de Janeiro, e já está disponível em outros dez estados, mas só agora entrará em vigor no conjunto do território nacional.

A ideia é que a placa do Mercosul substitua aos poucos o modelo atual, na cor cinza. A mudança não é obrigatória. Só os veículos zero quilômetro precisam ser emplacados com o novo padrão.

Os motoristas que têm a chapa cinza só precisam fazer troca em casos de transferência do registro do veículo para outra cidade ou por mudança de categoria. A troca também é exigida em situações de furto, roubo, extravio ou dano da placa. Quem quiser pode fazer a mudança voluntariamente.

A nova placa tem como item de segurança um QR Code, que entra no lugar dos atuais lacres. Com informações gerais sobre o veículo, o código de barras virtual, que pode ser lido por apps de smartphones, dificulta a clonagem e a falsificação.

Outra novidade é que o serviço de instalação deixa de ser exclusividade dos departamentos estaduais de trânsito e pode agora ser realizado por empresas credenciadas. Por conta disso, o preço pode variar. Segundo Detran-SP, que traz no seu site a lista das empresas credenciadas, os preços de referência das placas são: R$ 138,24, para carros, e R$ 114,86, para motos.

Tire suas dúvidas sobre a placa do Mercosul

O Plamurb, blog especializado em diversos temas sobre o cotidiano, escreveu um artigo para que todos nós pudéssemos esclarecer todas as dúvidas sobre a nova placa no padrão Mercosul.

O artigo completo está neste link. Boa leitura!

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.