A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) concluiu a reforma dos trens das frotas A, C e D, totalizando 98 trens. A Companhia recebeu em um dos seus pátios, a composição J35, modernizada pela empresa Bombardier.

A composição J35, é o antigo A35, trem que prestou serviços até 1° de fevereiro deste ano, e recebeu uma despedida promovida pelo Metrô de São Paulo com a presença de blogueiros e admiradores do sistema metroviário.

A modernização na frota dos trens do Metrô teve início em 2009, ao custo de R$ 1,75 bilhões, e tinha previsão para a conclusão dos trabalho em 2014, entretanto, somente 4 anos depois do prazo estimulado, é que tal ação foi concluída.

Modernização

As composições modernizadas ganharam ar-condicionado, quatro câmeras de vigilância por carro, sensores para detecção de fumaça, sistema de informação audiovisual, monitoramento contínuo dos equipamentos pelo operador do trem e sistema de freio com controle de patinagem e deslizamento que melhora o desempenho em condições de baixa aderência, como por exemplo em dias de chuva.

Restam agora apenas 11 trens sem ar condicionado nas linhas do Metrô de São Paulo, e todos eles fazem parte da frota E, que atualmente presta serviços na Linha 1-Azul que liga as estações Jabaquara ao Tucuruvi.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Carlos A. says:

    Foram modernizados mas já com um desenho velho. São Paulo ficou para trás em modernidade de transporte público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.