O Metrô de São Paulo publica no Diário Oficial desta sexta-feira, 12 de julho de 2019, a abertura de licitação internacional para a compra de 14 trens e dos sistemas de sinalização, retomando todos os trabalhos de implantação da Linha 17-Ouro, em monotrilho.

Esta é a última etapa para a retomada de todos os trabalhos de implantação da linha.

O Edital estará disponível a partir de segunda-feira, 15 de julho de 2019, e a sessão de recebimento das propostas será feita em 15/09. A contratação vai abranger também a instalação de portas de plataforma nas oito estações da linha, bem como de equipamentos para o sistema de alimentação elétrica, aparelhos de mudança de via e de manutenção dos trens.

Essa nova contratação vai substituir o Consórcio Monotrilho Integração (CMI), cujo acordo foi rescindido este ano pela atual gestão do Metrô, após constantes atrasos e redução no ritmo dos trabalhos pelo consórcio. Os problemas também levaram a aplicação de multas no valor de R$ 88 milhões, além da suspensão das empresas integrantes do consórcio de novas licitações e contratos com a administração estadual de São Paulo pelo período de dois anos.

Outra parte dos serviços que estava no escopo do contrato com o CMI é a obra civil para a implantação da via com as vigas por onde passará o monotrilho. O edital foi publicado no final de maio e a contratação deve ser feita neste semestre.

Os demais serviços para a implantação da Linha 17-Ouro ocorrem normalmente com a construção das oito estações do trecho prioritário e do pátio de manutenção Água Espraiada. Quando pronta, a linha terá 7,7 km ligando o aeroporto de Congonhas à estação Morumbi, da CPTM.

Precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte?

Você está precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte? Baixe agora o aplicativo RecargaPay, disponível para os sistemas operacionais iOS e AndroidSem cobrança de taxas, simples e rápido!

Em poucos segundos, você faz a recarga:

  1. Insira os dados do seu cartão, escolha o tipo de recarga que deseja fazer e o valor.
  2. Selecione a melhor opção para pagar sua recarga.
  3. Pra finalizar basta aguardar a confirmação do pagamento.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu cartão de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo de Cartão de Transporte, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Mini bibliotecária (Tributo, Semi-deusa, selecionada). Fotógrafa aspirante e amante de astronomia.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Uma vez que a empresa Scomi faliu, porque desta insistência em se usar um monotrilho na Linha 17-Ouro, que possui uma configuração única para cada fabricante, significando que só ele fabrica na sua configuração, se especificar BYD, Bombardier ou quaisquer outros, só poderá ser exclusivo cativo refém deste fornecedor?

    Destas conclusões entendo que a especificação do modelo nacional “Aerotrem” ou “Aeromovel” da Coester / Siemens que é uma espécie de VLT-Veiculo Leve sobre Trilhos elevado, iguais aos adotados nos aeroportos Salgado Filho e definido para Guarulhos, pois utiliza rodeiros iguais sobre trilhos de aço além de chaveamento de mudança de vias mais simples, tratando-se de um trem mais estável que oscila menos ao trafegar que um “Monotrilho” ou “People Mover”, semelhante as linhas de Trens e Metrôs seja o mais indicado, não significando que se tenha que adquirir deste fabricante de referência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.