O secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, comentou durante entrevista a Rádio Bandeirantes sobre a Linha 6-Laranja. Segundo o secretário, esta licitação será reaberta até o final deste ano.

A linha 6-Laranja do Metrô foi anunciada durante a gestão do ex-governador José Serra, e promete ligar os bairros de São Joaquim, até a Brasilândia, passando por 15 estações próximas a sete universidades.

No entanto, as empresas contratadas Odebrecht, Queiroz Galvão, UTC Engenharia e Mitsui, foram todas envolvidas na operação Lava Jato e o consórcio foi interrompido. O consórcio Move São Paulo tentou negociar com uma empresa chinesa, mas os asiáticos desistiram.

Em 2008 apesar de ter sido celebrado o início da construção da Linha 6-Laranja, as obras, de acordo com Clodoaldo Pelissioni, só começaram sete anos depois.

O consórcio Move São Paulo em 2015 ficou com a missão de construir e operar a linha 6 ao custo de R$ 8 bilhões, entretanto, em três anos de trabalhos, entregou apenas 15% de toda obra. O contrato foi encerrado e o Governo do Estado de São Paulo cobra na justiça multa para as concessionárias.

Para o futuro, Clodoaldo Pelissioni acredita que as obras da Linha 6-Laranja serão assumidas por empresas estrangeiras.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Vitor Pagliaroni de Oliveira says:

    Triste essa situação. Fico pensando quem teve sua residência desapropriada e ver essa obra paralisada. Como pode ter tantos incompetentes nesse projeto. Quem se ferra é a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.