dezembro 1, 2020

O presidente da ViaQuatro, Luís Valença, confirmou na noite desta terça-feira, 19 de fevereiro, que quando inaugurada a estação Vila Sônia, em 2020 ou 2021, a concessionária que administra a Linha 4-Amarela operará uma linha de ônibus especial ligando Taboão da Serra à futura parada.

A informação foi dada pelo presidente durante um encontro com sites especializados em mobilidade urbana na sede da empresa, no bairro da Vila Sônia.

A ViaQuatro não definiu ainda se vai comprar os ônibus ou se vai contratar uma empresa.

Luís Valença reconheceu que a experiência do Grupo Ruas, que detém ônibus municipais em São Paulo e 15% de participação na ViaQuatro, deve contribuir para esta operação.

“Eles [Grupo RuasInvest] entendem desse negócio. Nós estamos ainda na etapa de preparar esta operação de ônibus. Temos duas opções, ou ter frota própria, com manutenção e funcionários próprios, ou usar um terceiro por causa da escala. Vamos começar com uma operação muito pequena, a gente está ainda para tomar esta decisão. Se a gente for usar um terceiro, seguramente que o nosso acionista [Ruas] que entende desse assunto, alguma contribuição importante vai vir daí”, disse o presidente da ViaQuatro que ainda acrescentou que o serviço não será um sistema convencional de ônibus, mas vai ser uma extensão do metrô.

A empresa estuda se haverá paradas destes ônibus durante o trajeto, o que “provavelmente deve ocorrer”.

Expansão sobre trilhos até Taboão da Serra

O presidente da ViaQuatro, Luís Valença,  disse também que ainda não está definido quando vai sair do papel a Fase 3 da Linha 4-Amarela, ou seja, trilhos até Taboão da Serra, mas que se isso ocorrer, a operação será da empresa.

“Se tiver a Fase 3 até Taboão da Serra, obrigatoriamente a concessionária tem de assumir a operação desse trecho novo até porque não haveria sentido ser de outra forma [com o Metrô estatal operando um pequeno trecho] , mas é explícito isso no contrato. Naturalmente, se a gente precisar de mais trens, vai fazer mais sentido que a concessionária compre estes trens adicionais, mas nem isso está ajustado no contrato hoje, só está previsto que se expandir por trilho, nós vamos operar”, concluiu Luís Valença.

Ainda não há previsão de expansão sobre trilhos até Taboão da Serra.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Sou formado em Enfermagem, analista financeiro e de mídias sociais e aspirante em gestão pública. Sou o criador do Rede Noticiando e co-fundador do Mobilidade Porto Alegre. Mobilidade Urbana e transporte público são os meus temas favoritos. A informação é o meu esporte.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.