novembro 27, 2022

Manter o veículo licenciado e regularizado é uma das obrigações dos motoristas. Após quitada a tarifa, é preciso emitir o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) digital. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o documento era de porte obrigatório do condutor, entretanto, em 2016, a Lei Nº 13.281 passou a determinar que ele seja dispensável, desde que, no momento da fiscalização, os fiscais tenham acesso ao sistema.

Mesmo assim, é preciso ficar atento. André Brunetta, CEO de Zul+, plataforma criada para facilitar a vida de quem dirige, faz uma recomendação. “Nós recomendamos que os motoristas nunca saiam sem o documento, pois, caso a autoridade de trânsito esteja sem acesso ao sistema, o condutor pode ser multado”, afirma Brunetta. O valor da infração para quem receber a autuação é de R$ 88,38. 

O que é o CRLV?

O CRLV nada mais é do que um documento que contém placa, cor e modelo, entre outras informações do automóvel. Caso o motorista seja parado em uma blitz, é por meio desse certificado que fica comprovada a permissão de o veículo circular pelas ruas, avenidas e rodovias do país. Importante lembrar que a emissão só é liberada após o pagamento da taxa de licenciamento e caso IPVA e possíveis infrações estejam pagas.

Emissão do CRLV Digital

Após todas as pendências serem quitadas, é possível emitir o CRLV digital pelo aplicativo Zul+, mediante o pagamento de taxa variável, nos seguintes Estados: Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins. Para outros Estados, a emissão pode ser feita pelo site do Detran estadual ou pelo app Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Caso o CRLV tenha sido emitido em uma plataforma que não seja o Zul+, mesmo assim é possível carregar o documento de forma gratuita no app . Ele fica disponível mesmo sem conexão com a internet e, nas ocasiões em que o veículo é dividido com outra pessoa, ambos podem ter o mesmo CRLV em seus celulares. Por fim, o aplicativo ainda permite mais de um documento cadastrado por smartphone.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *