agosto 18, 2022

Aprender uma língua estrangeira sem sair de casa popularizou-se durante a pandemia, e suas vantagens permanecem conquistando adeptos

A internet é uma importante ferramenta capaz de conectar e aproximar pessoas de diferentes lugares do mundo. Uma das principais atividades que têm se beneficiado dessa característica são os cursos de idiomas. A modalidade de ensino a distância já vinha crescendo ao longo dos anos, por conta do investimento em plataformas e da melhoria das tecnologias, mas, durante a pandemia do novo coronavírus, a procura por novas atividades na internet favoreceu a expansão do aprendizado de línguas estrangeiras.

Todos estão cansados de saber que o mercado de trabalho exige de candidatos o conhecimento de pelo menos um idioma estrangeiro, e, na maioria dos casos, esse idioma é o inglês. Entretanto, nos dias de hoje, saber inglês já não é um diferencial tão grande, o que tem estimulado a procura por cursos de idiomas para o enriquecimento do currículo e para conquistar uma posição de maior destaque entre as demais pessoas que concorrem às melhores vagas de emprego.

Com o fechamento das salas de aula durante a pandemia de Covid-19, o ambiente digital se apresentou como uma solução. Os espaços físicos são substituídos pelas salas de aula virtuais, em um movimento que já vinha sendo fortalecido ao longo dos anos pela melhora das tecnologias. Entretanto, a crise sanitária criou um cenário que estimulou as aulas online de diversas áreas, sejam elas sobre negócios, informática ou idiomas, à medida que uma maior quantidade de pessoas buscou atividades de capacitação que pudessem ser realizadas em casa durante o isolamento.

Hoje, a modalidade permanece forte. Mesmo com a reabertura de estabelecimentos e o índice de queda dos números da doença, quem adota o modelo não abre mão de suas inúmeras vantagens. Talvez, a maior delas seja a capacidade de estabelecer contato direto com nativos da língua, através de fóruns de discussão, redes sociais, vídeos, etc. É possível até mesmo marcar uma aula com um professor nativo da língua que esteja do outro lado do mundo.

Esse, no entanto, não é o único benefício associado ao modelo. Os cursos de idiomas a distância também permitem contato com estrangeiros de outras nacionalidades que também estudam a língua, possibilitando a troca de experiências e dificuldades enfrentadas no aprendizado, fortalecendo a troca cultural e dando a oportunidade para o aluno “se virar”.

Os cursos virtuais também são bem mais baratos que os cursos presenciais, tornando a modalidade mais acessível a todos. Além disso, as aulas e os materiais são mais flexíveis e dinâmicos, contando com vídeos, áudios, jogos e aplicativos, que permitem contato com a língua que é realmente falada no cotidiano. É o contrário dos livros didáticos, que são rígidos e apresentam situações mecânicas.
Independentemente do idioma, sejam aulas de francês, espanhol, mandarim ou russo, as plataformas online também são um sucesso por sua disponibilidade a qualquer momento. Com a correria do dia a dia, conciliando trabalho, cuidados com a casa ou separar um tempo para a família, qualquer minuto faz a diferença. Os estudantes não precisam se deslocar até uma escola e podem acessar aplicativos, realizar as atividades e consultar o material no período que acharem melhor, otimizando seu tempo e tornando a prática mais produtiva.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Flávia Viana

Jornalista e editora convidada do Rede Noticiando. Contribui com pautas sobre saúde, tecnologia, aplicativos e mobilidade urbana.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.