outubro 19, 2018
METRÔ SP

Governo estadual gasta R$ 24 milhões em máquinas de autoatendimento

O governo estadual gastou R$ 24 milhões em máquinas de autoatendimento que realizam a venda de bilhetes unitários do Metrô. Os equipamentos estão sendo instalados gradativamente  nas estações há dois meses, mas muitos equipamentos permanecem fora de operação.

A compra destas máquinas foi realizada para se tornar uma alternativa aos passageiros para não pegarem longas filas, a maiorias das máquinas já foram instaladas em quase toda linha 2-Verde e na Estação Sé. Das 56 máquinas entregues, apenas 21 funcionam.

Ao todo, foram adquiridos 150 máquinas, por um valor de R$ 160 mil por cada uma, os equipamentos possuem menu em português, inglês e espanhol, aceitam dinheiro e moedas, e podem dar troco e recibo.

A compra dos maquinários, faz parte do aniversário de 50 anos do Metrô e a previsão é de instalar todos os 150 equipamentos nas linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha até julho.

Em nota ao portal G1, o Metrô informou que de fato apenas 30 máquinas estão em serviço, todas as outras ainda estão em período de testes.

Greve nacional dos caminhoneiros

Em razão da greve nacional dos caminhoneiros, o transporte público em São Paulo sobre pneus está sendo afetado pela falta do diesel nas garagens de ônibus. Os trens do Metrô e da CPTM vão operar com 100% de sua frota no pico da tarde desta quinta-feira, dia 24 de maio.

Não há nenhuma informação por parte dos sindicatos que representam as categorias dos metroviários e ferroviários se vão aderir alguma manifestação, desta forma, a operação será normal em todo sistema metroferroviário.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.