novembro 29, 2022

O Vice-Governador Rodrigo Garcia anunciou nesta quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022, o início das obras de ampliação da Linha 15-Prata do Metrô, que ligará a Vila Prudente a Jacu-Pêssego. Esta etapa deve ser concluída em 2025. Quando concluída, a Linha 15-Prata terá 17,4 km de extensão operacional, com 13 estações, dois pátios e duas subestações de energia. 

“O Governo de São Paulo hoje tem feito um volume importante de investimento em mobilidade na capital. Temos cinco linhas de metrô feitas ao mesmo tempo, provavelmente um dos maiores desembolsos da história da Secretaria de Transportes Metropolitanos no sistema de metrô”, afirmou o Vice-Governador. 

Com o novo trecho e a conclusão da estação Ipiranga, será possível transportar diariamente cerca de 485 mil pessoas, facilitando o trajeto de quem viaja da zona leste com destino às regiões da Paulista, sul e sudoeste da capital e reduzindo o tempo do trajeto em até 50%. 

As estações Boa Esperança e Jacu-Pêssego terão o padrão estético das demais da Linha 15, com um conceito arquitetônico para interferir o mínimo possível na paisagem local. Terão o chamado “Telhado Verde”, que cobre as lajes dos dois acessos. O diferencial será a parede verde, que contará com um sistema de irrigação por gotejamento e sistema de aproveitamento de água de chuva. 

“Quando assumimos essa linha, seis estações estavam funcionando em operação reduzida. Agora já são 11 estações em pleno funcionamento no horário comercial, oferecendo o melhor serviço ao cidadão”, declarou  o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli. 

Em toda a extensão da Linha 15-Prata haverá ciclovia e as infraestruturas verdes – biovaleta que contam com drenagem sustentável, já que a água pluvial é destinada para áreas ajardinadas. O Pátio Ragueb Chohfi será implantado numa área de 53 mil m² para proporcionar o estacionamento dos novos trens e dar apoio na manutenção da frota. 

Linha 15-Prata 

Construída pelo Metrô de São Paulo, a Linha 15-Prata é o primeiro monotrilho de alta capacidade de transporte do Brasil que conecta as regiões leste e sudeste à toda rede de trilhos de São Paulo. O monotrilho possui características similares ao metrô convencional, porém seus trens trafegam com pneus sobre vigas de concreto elevadas. 

A linha agora tem 14,6 km de extensão e 11 estações. No início da atual gestão, uma das primeiras medidas foi ampliar a operação para o horário integral, também retomando e concluindo as obras de outras quatro estações, além de iniciar a construção da estação Jardim Colonial, entregue à população no final de 2021. Essas medidas aumentaram a capacidade de transporte da Linha 15, que também passou a ser a linha do Metrô mais bem avaliada pelos passageiros. 

O Metrô trabalha ainda na ampliação da linha no sentido oeste – em fase final de projeto para licitar as obras – que vai construir a estação Ipiranga, conectando-se à Linha 10-Turquesa da CPTM. Com a expansão total, a linha deve chegar ao total de 14 estações e 20 km de Ipiranga a Jacu-Pêssego, podendo transportar 485 mil pessoas por dia. 

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Igor Roberto

Graduando em Direito, formado em Enfermagem e Gestão Pública. É o criador do Rede Noticiando e escreve sobre temas relacionados à mobilidade urbana no Estado de São Paulo. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Follow Me:

Posts relacionados

  1. Eu amo ano de eleição, se tivéssemos eleições todos os anos, hoje teríamos metro de São Paulo ao Rio de Janeiro, a Bahia ou a qualquer outro estado….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *