julho 11, 2020

No sábado, 23 de março, a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) publicou no Diário Oficial do Estado o resultado da Fase de Habilitação/Seleção da concorrência internacional realizada para a contratação de empresa para a elaboração de projeto executivo, fornecimento e implantação de portas de plataforma, simulador de testes e centros de monitoramento para as linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha.

Os consórcios Kobra e Telar foram habilitados, por outro lado, o Consórcio PSD-SP foi inabilitado pelo Metrô de São Paulo.

Dentre os dois consórcios habilitados, a estatal metroviária selecionou o Consórcio Kobra, formado pelas empresas Husk Eletrometalurgica Ltda., MG Engenharia e Construção Ltda, Samjung Tech Co Ltda e Woori Technology Inc.

Segundo o Metrô, o processo administrativo está aberto para vistas a partir desta segunda-feira, 25 de março, na Gerência de Contratações e Compras.

As portas plataforma são essenciais e trazem mais conforto e segurança aos passageiros.

O processo prevê a instalação de 88 equipamentos em 36 estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha, todas administradas pelo Metrô de São Paulo.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Dayane Priscila

Estudante de Desenvolvimento de Sistemas. Amante de livros, fotógrafa aspirante e amante de astronomia. Dona do instagram Diário da CPTM
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.