No final da tarde de hoje, 17 de julho, a ativista e defensora dos animais, Luísa Mell, e o Policial Civil e Protetor Animal, Felipe Bacari, se solidarizaram com um atropelamento de um cachorro nas dependências da CPTM, mais precisamente na estação Grajaú. O local é o ”ponto final” da Linha 9-Esmeralda que liga à região até Osasco, na Grande São Paulo.

De acordo com informações obtidas através das redes sociais, o cachorro foi atropelado por uma composição da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) por volta das 13h30, e permaneceu em estado agonizante no local durante toda a tarde.

Segundo informações que chegaram até a defensora de animais, agentes da CPTM estavam impedindo o resgate por parte de pessoas que queriam ajudar o cachorro.

A empresa através de suas redes sociais deu à seguinte declaração ao Rede Noticiando:

”não impedimos o resgate. Ele foi resgatado por volta de 17h40 pela ONG Súplica Animal, que levou o animal para o hospital veterinário da Universidade de Santo Amaro (Unisa), localizado no Jardim das Imbuias, próximo à estação da CPTM.”

Podem até não ter impedido, mas demoraram muito pra fazer algo. Não é mesmo CPTM?

Podem até dizer que o cachorro estava arisco, dentre outras desculpas. Mas sabemos que quando a companhia quer, ela faz, e faz muito bem feito!

Mas não acham que um intervalo de 4 horas não é muito para conseguirem resgatar o cachorro?

Muitos poderiam pensar, que o animal não aguentaria, ou que é apenas mais um animal atropelado, a circulação de trens seria interrompida, dentre outras inúmeras coisas que poderiam pensar, algumas questionáveis, outras não.

Opinião do autor

Mas a nossa opinião sempre vai levar para o lado da vida, sejam elas consideradas racionais ou irracionais.

E se fosse seu animalzinho que estivesse naquela condição? Como você se sentiria?

Você tem o direito de não gostar de animais, não gostar de cachorro, enfim.

Por se tratar de uma estação terminal, sabemos muito bem que daria para desviar ou dar um “jeitinho” como sempre a companhia faz quando lhe convém…

Vocês podem até pensar, mas é só um cachorro, antes um cachorro que um humano, nada pode parar a operação dos trens… como dissemos acima a vida sempre em primeiro lugar! Enquanto houver vida, haverá a esperança de continuar vivendo! Foi simplesmente desumano o que fizeram com o pobre cachorro! Lamentável, chega a ser, perdoe a palavra, mas chega a ser repugnante e chega a nós dar uma pequena amostra do quanto faz falta algo tão simples de significado, mas tão difícil de ser realizado e visto. Que é a empatia!

Resgate do animal

Após a ativista revelar através do Instagram que estava se deslocando para a estação Grajaú, funcionários da CPTM chamaram o Corpo de Bombeiros, que foram até o local e realizaram o resgate do animal. No momento do resgate, o cachorro não apresentou nenhuma feição brava ou agressiva, pelo contrário, estava dócil, e de alguma forma, colaborou com o resgate.

Bem diferente do que as redes sociais da CPTM disse, ao informar que o animal estava agressivo, estranho né? Relatar uma situação sem ao menos investigar o caso em campo é fácil, mas a população bombardeou a empresa, desmentindo os fatos ditos por ela.

O vídeo do resgate foi publicado, clique aqui e confira.

Estado do cachorro é considerado estável

Por meio das redes sociais, a equipe da ativista respondeu aos questionamentos dando a seguinte declaração:

“O cachorro está bem, terá que fazer amputação dos membros inferiores, mais o quadro clínico é estável. Segundo o veterinário que o atendeu, ele entrará em uma cirurgia de emergência.

O cachorro terá a tutela do Instituto Luisa Mel e fará toda sua recuperação no local. Os gastos serão bancados também pelo Instituto.”

Deixamos aqui nossos cumprimentos a equipe da Luísa Mell e a própria protetora pelo belíssimo trabalho feito na tarde de hoje, assim como todos os dias que vem atuando em prol dos animais.

O Delegado e Deputado Estadual, Bruno Lima, usou as redes sociais para informar que ”entrou com uma representação contra os funcionários da CPTM, que além de não ajudarem no resgate, riram daqueles que foram salvar o animal”.

Policial Civil e Protetor Animal faz boletim de ocorrência

Felipe Becari, ativista e policial civil, fundador do projeto ”Eu luto pelos animais” também participou da ação e prestou o apoio.

Além de chegar logo no início da ocorrência, ele foi até o hospital veterinário e depois para a delegacia elaborar o Boletim da Ocorrência.

Em sua conta no Instagram, Felipe narra tudo que aconteceu e ainda mostra o Boletim de ocorrência lavrado contra os fatos que ocorreram.

O Boletim foi Lavrado no 101° Distrito Policial, no Jardim Imbuias.

Conheça um pouco mais do trabalho do Felipe e de sua equipe no Projeto Eu Luto Pelos Animais.

Clique aqui e confira o Instagram oficial do projeto!

Confira o vídeo compartilhado pelo Felipe em sua conta no Instagram:

Vídeo: Felipe Bacari – Projeto Eu Luto Pelos Animais

Você pode ajudar o ”Projeto Eu Luto Pelos Animais” Sabia?

Clique aqui e tenha acesso a Vaquinha online, contribua com esse lindo projeto.

Resposta da CPTM ao Rede Noticiando

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) enviou ao Rede Noticiando por volta das 22h40 desta quarta-feira, 17, uma nota sobre o ocorrido. Confira na íntegra:

”Por volta de 14h40 desta quarta-feira (17), um cachorro de grande porte foi atingido por uma composição próximo à estação Grajaú, da linha 9-Esmeralda.
Atendendo aos procedimentos de segurança, já que o animal estava agressivo, o Centro de Controle de Zoonoses foi acionado às 15h00, quando foi pedido um prazo de 24 horas para a retirada do cachorro. Por conta do risco de ataque, os funcionários no local orientaram os passageiros a não se aproximarem.
O cachorro foi resgatado por volta de 17h40 pela ONG Súplica Animal, que o levou para o hospital veterinário da Universidade de Santo Amaro (Unisa), localizado no Jardim das Imbuias, próximo à estação da CPTM.”

Por fim, que o cachorro fique bem e tenha uma nova chance

Pra você que por algum momento pensou “mas e só um cachorro” desejamos que você algum dia, tenha o mínimo de empatia e reflita um pouco.

De fato, quantos animaizinhos não são atropelados diariamente? Quantos tem a chance de sobreviver?

Sabemos que a velocidade do trem é muitas vezes superior à astúcia do animal, e que o óbito as vezes é inevitável. Mas se ainda houver vida, valerá a pena lutar por ela!

Fica aqui mais uma vez nossos parabéns a todos os envolvidos em prol deste atendimento, e nosso repúdio a aqueles que simplesmente cruzaram os braços. Além, claro nossa torcida para que o cachorro melhore logo.

Você pode ajudar o Instituto Luisa Mell sabia?

Banco: Bradesco
Agência:
1974-7 Conta Corrente: 288-7

Banco do Brasil
Agência:
1817-1 Conta Corrente: 120.000-3

Instituto Luisa Mell de Assistência aos Animais e Meio Ambiente
CNPJ: 21.877.796/0001-35

E não se esqueça de dar uma passadinha na loja online do Instituto. Sua contribuição ajuda muitos outros animais. Acesse: https://lojaluisamell.com.br/

Precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte?

Você está precisando fazer a recarga do seu Cartão de Transporte? Baixe agora o aplicativo RecargaPay e ganhe R$ 10,00 em desconto, utilizando o nosso código NOTICIANDO.

Sem cobrança de taxas, simples e rápido! Válido apenas no primeiro uso do aplicativo.

Em poucos segundos, você faz a recarga:

1. Baixe gratuitamente o aplicativo RecargaPay.
2. Faça o login com seu e-mail, CPF ou número de telefone.
3. Selecione “Cartão de Transporte”.
4. Selecione o cartão que você deseja carregar (ou adicione um cartão).
5. Escolha o tipo de crédito que deseja usar (Comum ou por período).
6. Escolha o valor da recarga.
7. Insira o cupom NOTICIANDO no campo “Tenho um Cupom de Desconto” no iPhone ou “Adicionar Cupom de Desconto” no Android.
8. Coloque os dados do seu cartão de crédito, por questões cadastrais, e clique em “Confirmar”. Se o valor do cupom for o mesmo do produto comprado, você não pagará nada extra.
9. Compra Finalizada.

Depois, você só precisa fazer a liberação dos créditos aproximando o seu cartão de um validador em qualquer máquina de recarga e consulta de saldo de Cartão de Transporte, que ficam nas estações do Metrô, da CPTM e nos terminais de ônibus.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Mario Musial

Técnico de Radiologia, operador de equipamento de Ressonância Magnética, administrador e colunista no Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Arlete Valduga says:

    Para esses funcionários da CPM, repugnante se fosse seu filho ou mãe o que vc sentiria ou faria já pensou! Espero que um dia paguem por isso ! Fico feliz em saber que alguém de sua família, estivesse naquela situação. A vida da volta…..

  2. Anônimo says:

    Esses funcionários da CPM espero que um dia paguem por isso! Que aconteça o mesmo com eles. Gostaria de saber desses lixos, se fosse seu filho ou sua mãe o que vc faria ! Que estive naquela situação ! Gente repugnante o que vcs sentiram ou fariam , deixa morrer. Pense! Tomara que um dia aconteça a mesma coisa, ninguém sabe o amanhã @

  3. Monstros são o que eles são. Tiram e tiraram selfie e fizeram vídeos com o podre animal. Tudo circulando no Instagram. Desgraçados.

  4. Henrique says:

    Só reforçando a excelente matéria que o ativista e policial civil e fundador do projeto “Eu luto pelos animais”, Felipe Bacari também apoiou no momento. Foi no local do acidente, no hospital veterinário e depois a delegacia elaborar Boletim de Ocorrência.

    • Olá, Henrique!

      Colocamos o vídeo dele na matéria, além de algumas informações que foram nos disponibilizadas da ação do Felipe, obrigado pelo relato.

      Abraço e sigo à disposição!

  5. Enteressante que a compania tem a cara de pau de dizer, que aconselhou a ninguem chegar perto ,pois o cão poderia atacar. Como bando de lixo , se o animal nas condições q se encontrava, nao tinha a menor chance . Fala sério! Bando de lixo humano, um dia colherão o descaso feito c o pobre cão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.