outubro 4, 2022

Abrir um negócio, seja por necessidade seja pela sonhada independência financeira, é uma tarefa que exige muito planejamento e certos conhecimentos, financeiros e burocráticos.

É essencial também adquirir habilidades de gestão. Em outras palavras, este pode ser um processo um tanto desafiador. Porém, não desista! Com o planejamento e organização tudo será possível.

Se você pretende iniciar essa jornada, confira as dicas que separamos de como abrir um negócio.

Continue com a gente!

7 dicas de como abrir seu negócio

Antes de botar a mão na massa, independente se você vai investir em algo que conhece ou em um novo ramo,  você deve ter alguns pontos bem definidos. Isso inclui:

  • Um nicho (segmento/área de atuação),
  • o público alvo e
  • a dor desse público que você pretende solucionar.

Depois disso, você deve conhecer melhor essa área. Para isso, alguns passos são essenciais, como por exemplo:

  • Dialogar com pessoas do segmento;
  • Conhecer prós e contras da área de atuação;
  • Identificar oportunidades e ameaças;
  • Usar canais de mídias para conhecer seu público-alvo.

Feito esse diagnóstico inicial é hora de, efetivamente, planejar o seu negócio. Veja como:

1.   Defina objetivos e metas

Aqui reflita sobre onde você quer chegar e como. Seus objetivos e metas devem ser claros e você deve sempre tê-los como referência de atuação.

Para elaborá-los, você pode recorrer a metodologias como a SMART, que ajuda a elaborar objetivos e metas: S (específicas, M (mensuráveis), A (atingíveis), R (relevantes) e T (temporais).

2.   Identifique orçamento e fontes dos recursos

É essencial que você saiba quanto precisa e quanto dispõe para começar seu negócio.  Ter um orçamento como base ajuda você a não se endividar e também a definir onde buscar recursos, incluindo o empréstimo empresarial. Mas, isso também pode ser feito através de parcerias, por exemplo.

Contudo, procure estabelecer relações claras e transparentes com suas parcerias. Sejam sócios, fornecedores ou investidores. Tenha em mente que, de alguma forma, você sempre irá precisar delas para o sucesso do seu negócio.

3.   Cuide da formalização

Essa é uma etapa burocrática, porém indispensável. Confira tarefas e documentos que você não pode deixar de providenciar:

  • Contratar assessoria contábil e, em alguns casos, jurídica;
  • Elaborar e registrar o Contrato Social; 
  • Com o Número de Identificação de Registro de Empresa (NIRE), encaminhar CNPJ;
  • Obter o Alvará da Prefeitura.

Também é importante registrar sua marca para evitar que outra empresa use o mesmo nome que você deseja ou ainda para saber se ele já é registrado. Se tiver dificuldades, contrate uma empresa especializada.

4.   Crie um plano de marketing

Para montar um planejamento de marketing, comece elaborando sua persona (perfil de cliente do seu negócio).

Esse perfil deve responder:

  • Quem são? (idade, gênero, renda, hábitos de consumo, ocupação, estado civil, localização, hobbies, interesses, etc.)
  • Quais suas maiores necessidades, problemas e desejos?
  • Onde buscam informações?
  • Qual o diferencial do seu produto em relação à concorrência?
  • Em que confiam?

Conhecendo seu público, você poderá selecionar os principais canais e definir a melhor linguagem para conquistá-lo.

5.   Conquiste clientes

Identifique o diferencial do seu produto  em relação aos concorrentes e divulgue-o em todos os canais possíveis, digitais e presenciais. Você elaborou sua persona e sabe onde achá-la. Marque presença nesses espaços.

Um dos principais canais da atualidade são as redes sociais. Defina quais as mais estratégicas para seu negócio e construa um plano de atuação nessas redes. Lembre-se de produzir conteúdo relevante e coerente com seus objetivos e estratégias de fidelização.

6.   Pense a longo prazo

Não se desespere com a falta de resultados iniciais, o sucesso é um processo gradual. Mantenha seu foco a longo prazo e lembre-se que é melhor crescer devagar, mas de forma sustentável.

7.   Acompanhe resultados

Revise seu plano de negócios periodicamente e, caso precise, redefina metas e  trace novos objetivos. Promova as mudanças necessárias para continuar crescendo. Acompanhar os resultados do seu negócio é crucial para manter o foco.

Preciso recorrer a crédito?

Ter um bom capital de giro é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Se você não dispõe desse recurso, pode ser o caso de recorrer a um crédito. Você sabe o que é home equity? É uma modalidade acessível, que pode ser muito útil nesses casos.

Acesse o blog de uma financiadora, como a Cashme por exemplo, e confira as taxas de juros e prazo de pagamento.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.