novembro 27, 2022

O Prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes, estuda implantar tarifa zero nos ônibus municipais, gerenciados pela SPTrans na capital.

Segundo a administração municipal, será feito a análise financeira e jurídica deste plano, que é muito complexo, e só deve ficar pronta até o início do primeiro trimestre de 2023.

“Estamos contratando instituições e empresas de auditoria para fazer o estudo. É um negócio muito complexo. A cidade de São Paulo tem mais de 13 mil ônibus, custa mais de R$ 10 bilhões todo o sistema na cidade. Tem que ser muito bem pensado e elaborado”, afirmou Nunes.

A tarifa vigente na cidade de São Paulo é de R$ 4,40 atualmente, no entanto, o sistema custa aos cofres públicos cerca de R$ 10 bilhões ao ano, somados aos valores de subsídios pagos pela prefeitura para as empresas operadoras do sistema na capital.

Foto: Alan Mathias da Silva

Alternativa para a tarifa zero nos ônibus

Uma possibilidade colocada pela prefeitura para financiar a tarifa zero nos ônibus em São Paulo é usar o crédito que as empresas pagam aos trabalhadores no transporte.

“Como é que a gente levanta e faz uma ação daquelas pessoas que então trabalhando aonde, pela legislação, é o empregador que deve pagar uma grane parte de seu transporte. 6% do valor do salário é arcado pelo trabalhador. O restante é arcado pela empresa empregadora. É para a gente poder entender como podemos usar isso ou não”, afirmou o prefeito.

Justificativa para a implantação da tarifa zero nos ônibus em São Paulo

A justificativa do prefeito Ricardo Nunes para a implantação da tarifa zero nos ônibus da cidade de São Paulo é uma forma de incentivar o uso do transporte coletivo, ao invés do transporte individual, como o carro, por exemplo.

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Follow Me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *