dezembro 18, 2018

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, publicou no último sábado, dia 1º de dezembro, o decreto 58.543 que abriu um crédito acional no valor para as compensações tarifárias.

A ação foi necessária, pois o sistema de ônibus da capital paulista, precisou receber mais R$ 190 milhões, em subsídios para complementar a diferença entre a arrecadação e as despesas para operação e manutenção dos serviços.

Desta vez, o dinheiro vai sair de áreas como construção de unidades habitacionais, construção da fábrica do samba, publicações de interesse do município, preservação do patrimônio histórico, programa ônibus-biblioteca, casas de cultura, mês do Hip Hop, reforma de prédios administrativos, entre outros.

Os remanejamentos têm sido necessários, tendo em vista que, em setembro acabou toda a verba de R$ 1,8 bilhão reservado para os subsídios. Neste ano, as complementações tarifárias devem chegar a quase R$ 3 bilhões.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público de São Paulo e Região Metropolitana?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.