E mais uma vez a retomada das obras do monotrilho da linha 17-Ouro enfrenta um novo entrave na Justiça.

Desta vez, O Metrô de São Paulo suspendeu duas licitações. Uma é envolvendo às obras, após recurso do Consórcio Paulitec-Sacyr, contra a Coesa Engenharia Ltda, que havia sido apontada como classificada para finalizar as obras remanescentes do meio de transporte cujo trecho prioritário vai ligar o Morumbi ao Aeroporto de Congonhas.

A outra suspensão se deu ao fato de uma decisão do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado), que é referente ao material rodante, à supervisão e controle na implantação de sistemas elétricos e mecânicos da linha 17.

Desta forma, a expectativa da assinatura dos contratos para a retomada das obras civis, marcadas para novembro, deve atrasar.

A Linha 17-Ouro era para ter ficado pronta em 2014. No início da gestão do governador João Doria, os representantes do Estado falavam que as estações seriam entregues até 2022, entretanto, atualmente, nenhuma data é mais cogitada para entrega total da linha.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.