setembro 23, 2018

Desde a última sexta-feira, 6 de julho, os passageiros que utilizam os trens do Metrô de São Paulo notaram algo diferente, músicas estavam sendo tocadas em algumas composições e estações.

O serviço foi ampliado nesta terça-feira, 10 de julho para todas as 55 estações que são administradas pela Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e se situam nas linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. O repertório escolhido pelo Instituto de Cultura e Cidadania (Icult) possui músicas de samba, jazz, bossa nova e outros ritmos brasileiros, além de música clássica, ao todo a seleção possui 200 músicas que tocam das 6h até às 22h.

A ação divide opiniões, alguns passageiros aprovam as músicas ambientes nos trens e estações, já outros não concordam com o que tem sendo feito e já pedem o fim.

O perfil colaborativo Metrô SP Noticiando realizou uma pesquisa em sua página no Facebook e cerca de 74% das pessoas que participaram se mostram a favor da ação, contra 26% que demonstram insatisfação e não concordam com as músicas. Ao todo a pesquisa teve 1501 votos e você pode conferir abaixo o resultado:

Entre os que se demonstram contra as músicas nos trens estão aqueles que preferem o silêncio em suas viagens, alguns chegaram a questionar se a ação era para “abafar” o som vindo da gritaria de vendedores ambulantes nos carros do Metrô, ou então para impedir que os músicos que ali adentram pudessem expor seus trabalhos.

Os que se mostraram a favor destacaram o fato de que a viagem se torna “mais leve” e até dão palpites do que poderia se tocar nas composições, outros agradeceram pela ação mas cobram mais investimento em outras áreas da companhia.

Qual o custo desta ação?

O Instituto de Cultura e Cidadania está utilizando o sistema de som já existente nas estações e trens do Metrô para emitir as músicas nacionais e internacionais de diversos segmentos a um custo de R$ 39 mil por mês para gerir uma playlist com cerca de 200 músicas. A informação foi publicada no site do TecMundo.

Veja abaixo como está funcionando as músicas nos trens e estações do Metrô de São Paulo:

 

Confira abaixo algumas reações dos usuários a respeito da ação:

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Sergio divino says:

    Ruim pra cassete essa barulheira toda, prefiro silêncio.
    Som alto demais, pessoal..acaba com isso logo, pelo AMOR!!!!!!!!!

  2. O metrô diz para usar fones que o volume do seu aparelho pode encomodaros outros usuários.
    E põe essa bosta tocando e irritando durante todo o caminho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.