outubro 4, 2022

O candidato ao governo de São Paulo, Fernando Haddad (PT), criticou o BRT-ABC e disse que vai rever o contrato feito com a Metra (Next Mobilidade). Haddad lidera as pesquisas de intenções de voto no Estado de São Paulo.

Haddad participou de uma sabatina promovida pela CBN.

Segundo o petista, “eles [governo Doria/Garcia] cancelaram a obra do monotrilho do ABC e querem colocar um BRT que não vai dar conta da demanda.

E ainda pior. Em vez de licitar o BRT fizeram um aditivo bastante estranho, colocando a obra no contrato que não tinha nada a ver uma coisa com a outra“, completou Haddad.

BRT no lugar do monotrilho

O BRT-ABC foi a alternativa encontrada pela gestão Doria/Garcia para cancelar o monotrilho do ABC e implantar um corredor de ônibus, que deve transportar em torno de 100 mil pessoas diariamente, além de deixar a mais mais lenta.

Em 2014, o ex-governador Geraldo Alckmin assinou com a VEM ABC, um contrato de concessão para implantação da Linha 18-Bronze. O monotrilho teria 14 km de extensão e capacidade para cerca de 340 mil passageiros transportados por dia, mais que o triplo do que o ônibus “rápido da Metra” vai poder transportar.

Haddad diz que vai rever contrato com a Metra (Next Mobilidade)

Fernando Haddad foi questionado se vai tomar alguma atitude em relação a extensão do contrato com a Metra (Next Mobilidade), que além de operar o Corredor ABD, ficou com todas as linhas da EMTU no ABC Paulista, mais o BRT-ABC.

Em resposta aos jornalistas, Fernando Haddad foi categórico: Posso e vou [rever] porque acho que a ligação com ABC tem quer ser uma ligação expressa. Não pode ser uma coisa qualquer.

*Com informações do Via Trolebus.

REDE NOTICIANDO

Siga nossas redes sociais e fique bem informado!

Receba em primeira mão nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram.

Rede Noticiando — A serviço da informação!

Ruan Filipe

Estudante, fã de games e de astronomia. Sou auxiliar de redação do Rede Noticiando e aqui trarei assuntos sobre mobilidade e tecnologia.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.