Foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira, 15 de março, a prorrogação dos prazos de vigência contratual e de execução dos serviços das obras da Linha 17-Ouro do monotrilho entre a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) com o Consórcio TIDP, formado pelas empresas Tiisa e DP Barros.

Segundo a publicação, o prazo foi estendido até 10 de janeiro de 2020.

O Metrô determinou que após 15 dias da assinatura do aditivo, o consórcio deverá apresentar o Cronogama de Barras devidamente atualizado.

“A prorrogação de prazos não caracteriza relevação das sanções aplicadas ou cancelamento dos processos administrativos em curso”, informa o documento.

O aditivo foi assinado em 12 de março de 2019.

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, disse em janeiro que até o final de 2020 o monotrilho da Linha 17-Ouro, que será operado e administrado pelo consórcio ViaMobilidade, estará funcionando.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram.

Assine o nosso canal Rede Noticiando no YouTube.

Igor Roberto

Profissional e estudante de enfermagem, pesquisador, analista financeiro e de mídias sociais. A informação é o meu esporte!
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.