Está notando que o seu carro não acelera mais como antes? Sentiu dificuldade que antes não existia para subir ruas? Acha que o seu veículo está gastando mais combustível do que o normal? Então é importante fazer uma revisão geral no seu automóvel, pois existem diversos problemas que podem afetar o desempenho dele, e um deles está claramente afetando-o no momento.

Automóveis são, de certa forma, como computadores ou celulares: nós sabemos instintivamente que há algo de errado com eles quando ocorre uma minúscula diferença de comportamento. É um barulho que não reconhecemos, um segundo a mais que leva para ter uma resposta, um detalhe que, para outros, seria imperceptível, mas que logo salta às vistas para quem usa o equipamento todos os dias.

Quer saber quais são os problemas que podem afetar o desempenho do seu veículo e como resolvê-los? Então siga a leitura do artigo abaixo e veja alguns exemplos!

5 problemas que podem afetar o desempenho do seu veículo

1. Pneu careca

Se você está sentindo que o seu carro não tem a mesma estabilidade na pista, não tem aderência e está complicado de ter tração, a resposta provavelmente pode estar nos seus pneus.

O que possivelmente esteja acontecendo é que os pneus estão carecas. Sendo assim, eles não estão performando como você precisava ou queria, e o carro não consegue se manter estável na pista ou usar toda a força que o motor gera.

Para confirmar isso, veja se o desgaste do pneu chegou até a marca do TWI, que é um indicador que fica dentro dos sulcos do pneu mostrando qual é o limite máximo de desgaste que aquele pneu aceita. 

Lembre-se de que rodar com pneus carecas é ilegal, já que o carro, nessas condições, perde o controle e você pode causar um acidente gravíssimo.

2. Pneu descalibrado

Outro problema do pneu que pode estar gerando perda de performance no seu carro é a calibragem. Caso ele não esteja bem calibrado, o seu automóvel pode começar a apresentar diversos problemas.

Funciona assim:

O pneu tem um certo nível de resistência ao rolamento. Alguns modelos são mais resistentes ao rolamento e outros menos. No entanto, todos têm ao menos algum nível para gerar aderência na pista.

Portanto, quando estão descalibrados, todos os pneus passam a rodar com maior dificuldade. Isso gera algumas consequências. Uma delas é que o motor precisa trabalhar muito mais para gerar força para mover o carro. Isso pode sobrecarregá-lo, além de gastar mais combustível.

Por isso, sempre mantenha seus pneus calibrados para evitar esses tipos de problemas no futuro. Basta ir a uma loja de pneus para que eles façam a calibragem, se necessário.

3. Gasolina adulterada

Se você abasteceu em algum posto que estava com a gasolina muito abaixo da média local, então provavelmente o combustível (que pode estar adulterado) está causando perda de performance no seu automóvel.

É claro que, com a gasolina em uma média de R$5,60 no Brasil, fica tentador abastecer em postos “suspeitos”, que oferecem preços muito menores do que os concorrentes.

No entanto, esse tipo de combustível causa perda de performance no carro e pode até mesmo causar danos sérios em longo prazo, reduzindo a vida útil de peças importantes, como o motor, por exemplo.

4. Filtros sujos

Existem algumas peças no automóvel que devem ser trocadas com frequência, especialmente porque seus custos são menores. Os filtros do carro, como o de ar ou de gasolina, são exemplos dessa troca, por terem a função de filtrar o ar e a gasolina que é usada na queima do motor. Se não desempenham bem essa função, então o material chega sujo ao motor e reduz a capacidade do carro.

A parte boa é que o filtro de ar e de gasolina podem ser trocados facilmente. Além de baratos, o processo para realizar a troca não dura muito tempo, normalmente é feito em 10 minutos.

5. Ar-condicionado ligado

Você sabia que andar com o ar-condicionado ligado pode ter efeitos negativos no desempenho do seu automóvel? Pois é! O sistema puxa energia elétrica e força o motor do carro.

Normalmente, isso não é perceptível porque a queda de desempenho é muito pequena, algo como 3% em média. No entanto, em determinadas situações, como subidas muito íngremes, é possível perceber o efeito do ar-condicionado sobre a performance do automóvel. A solução, nesse caso, é desligar o ar para aumentar o desempenho do veículo.

Pronto! Agora que você já viu quais problemas podem afetar o desempenho do seu veículo, é hora de agir para corrigi-los ou preveni-los no seu dia a dia. Não é fácil manter o seu automóvel sempre com um excelente desempenho, já que máquinas tendem a dar problemas eventualmente, claro. No entanto, ainda assim, você deve procurar manter o carro sempre em bom estado. Não só pelo conforto ao dirigir, mas também pela valorização em longo prazo.

Gostou das nossas dicas? Então comente abaixo mencionando outros problemas que podem afetar o desempenho de um carro!

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.