Os Estados do Sul do Brasil entraram em um novo momento com a conquista do certificado internacional de área livre de febre aftosa sem vacinação pelos estados do Paraná e Rio Grande do Sul, o mesmo status conquistado por Santa Catarina em 2007.

Com o novo cenário, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estão reforçando a parceria com o objetivo de fortalecer o agronegócio na região Sul do país. Um dos exemplos da união foi o Fórum Nacional de Executores de Defesa Agropecuária da Região Sul (Fonesa Sul) que conseguiu reunir os secretários da Agricultura de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Altair Silva e Helena Pan Rugeri e ainda técnicos e lideranças do setor produtivo e vários convidados para a discussão de temas de interesse comum.

No encontro foi discutida a sustentabilidade das áreas livres de febre aftosa e peste suína clássica, além de atividades de vigilância em conjunto, alerta da cigarrinha do milho e calendário de plantio de soja. O encontro foi um dos destaques da 44ª Expointer, em Esteio (RS).

A manutenção da saúde dos rebanhos e a proteção do agronegócio foi uma das pautas mais discutidas pelos participantes do encontro na cidade gaúcha. As demandas apresentadas na reunião do Fonesa Sul serão enviadas ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para discussão nos próximos dias. 

A coordenação do Fórum, que estava sob responsabilidade da Cidasc, agora será comandada pelo Departamento de Defesa Agropecuária da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná.

Ao todo, foram 237 animais provenientes de propriedades catarinenses inscritos na Expointer. Destes, 77 bovinos, 85 ovinos, 48 equinos e 27 caprinos. A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) destacou que os animais que não forem comercializados na Expointer poderão retornar a Santa Catarina, desde que atendam aos critérios sanitários para cada espécie sejam obedecidos.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.