Por muitos anos, os trens da série 1100 serviram a malha ferroviária no transporte de passageiros no Estado de São Paulo. Os trens foram adquiridos em 1957 pela extinta Estrada de Ferro Santos – Jundiaí (EFSJ), e foi a primeira frota de aço inox do Brasil, fato que na época revolucionou a indústria ferroviária, pela durabilidade do material rodante e sua manutenção.

Locomotiva V8 – Foto: Israel Silva

Em 26 de maio de 2018 o último exemplar dessa série, o trem de prefixo 1114/1115 realizou sua última viagem, e foi realizada em grande estilo. Um evento simbólico marcou a “aposentadoria” desse velho guerreiro que desbravou os trilhos das linhas 7-Rubi e 10-Turquesa da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos por muitos anos.

Pouco mais de dois anos após sua última viagem, parte do trem 1114 foi enviada para Campinas, no interior de São Paulo, para serem preservados. Além deste trem, outras duas locomotivas V8 elétricas, construídas pela General Electric, acompanharam o comboio rumo a preservação, que deve ter como destino final a cidade de Rio Claro.

As duas locomotivas e o trem série 1100 devem ser expostos no Museu Ferroviário que fica em Rio Claro. Todo o trabalho de preservação dessas relíquias estão à cargo do Instituto Memória Ferroviária – IMF.

Neste link você pode conferir parte do translado.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.