Em 25 de janeiro de 2022 a Concessionária do Sistema de Trens Metropolitanos de São Paulo S.A, popularmente conhecida como ViaMobilidade Linhas 8 e 9, vai assumir à concessão das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, hoje operadas pela CPTM – Companhia Paulista Trens Metropolitanos.

Ao assumir as duas linhas, a concessionária herdará algumas frotas da empresa estatal, entre elas está a série 5400, que opera na extensão da Linha 8-Diamante, em um trecho gratuito entre Itapevi e Amador Bueno. A série é conhecida pelo apelido de “Fepasão”, já que foram adquiridos pela Fepasa, antiga operadora das linhas 8 e 9, e fabricados entre os anos de 1978 e 1980 e desbravou os trilhos das duas linhas, sendo o maior trem em operação pela CPTM, chegando a operar com 12 carros.

Série 5400
Trens da série 5400 utilizados na extensão da Linha 8- Foto: Lucas Mendes.

Em meados de 2013, seis unidades da série 5000 foram revisadas e adaptadas para circularem com apenas quatro carros, recebendo um novo padrão de identidade visual, e em abril de 2014 entraram em operação na extensão operacional da Linha 8 onde estão até a atualidade, como a série 5400 e como um novo apelido “Fepasinha”.

A frota de seis trens será repassada para a concessionária que vai assumir as duas linhas, com a missão de modernizar e melhorar os serviços prestados, incluindo a reconstrução da Estação Ambuitá, que também faz parte da extensão operacional da linha 8-Diamante.

Por se tratar de um frota antiga, a concessionária pode optar por trocar a série que opera na extensão, por uma mais moderna, com maior disponibilidade de peças, e que a manutenção não exija tanto tempo, como ocorre hoje com os Fepasinhas.

Segundo informações obtidas pelo Rede Noticiando, a série que pode ser colocada para operar na extensão da Linha 8 é a 7000. A formação de operação seria a mesma que a atual: Trens com quatro carros! A diferença estará nas questões tecnológicas, já que, entre outros, a série 7000 possuí monitores e câmeras de vigilância instalados, além do ar-condicionado, ausente na série 5400.

Essa informação já é dada como certa e corre nos bastidores da transição entre à CPTM e a concessionária ViaMobilidade.

Essa mudança não deve acontecer nos primeiros meses, mas, assim que os trens da Alstom, encomendados pela ViaMobilidade para operar nas duas linhas chegarem, a baixa operacional da série 5400 será dada, e a série 7000 vai assumir o seu lugar.

Algumas questões técnicas de sistemas que as cabines intermediárias da série 7000 não possuem, ainda devem ser revistas, no entanto, é certo que a série 5400 dê adeus aos trilhos de São Paulo muito em breve.

Sobre o trecho da extensão operacional seguir gratuito ou não, isso somente o tempo dirá.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.