SPTRANS

Saiba como proteger seus aparelhos eletrônicos no transporte público de São Paulo

Quem precisa do transporte público para se locomover na cidade de São Paulo está cansado de saber: Seja dentro do ônibus, trem, metrô ou nos pontos, terminais e estações, o risco de ter pertences pessoais furtados ou roubados é grande. No topo da lista dos produtos de maior interesse dos ladrões estão as carteiras de dinheiro e os aparelhos eletrônicos, como smartphones e notebooks. 

O risco de ter um aparelho eletrônico roubado é ainda maior quando ocorrem aglomerações, o que não é raro de ocorrer nos horários de pico, seja nos terminais de ônibus seja nas estações do metrô, nem mesmo em tempos de pandemia da Covid-19. 

Tanto que é na hora de entrar e na hora de sair do transporte em que mais ocorrem os furtos. E o alvo principal desse tipo de crime ainda são as mulheres e os jovens. 

Não à toa já existem ações de combate como as que destinam vagões exclusivos para o público feminino, além de recomendações específicas de como as mulheres podem se proteger dentro do transporte coletivo em São Paulo

Mas para diminuir a alta incidência de roubos e furtos de produtos eletrônicos no transporte público de São Paulo, especialistas da área de segurança pública acreditam que é preciso que todos os passageiros tomem precauções.

Discrição

A principal recomendação para evitar que produtos eletrônicos sejam furtados no transporte coletivo é não andar com o celular ou notebook à mostra.

É muito comum ver passageiros com o smartphone no bolso na calça, de mochilas e bolsos. Sem contar quem anda falando ou teclando, sem preocupação alguma. Isso, certamente, é um alvo fácil e tentador para os ladrões. 

O ideal é utilizar o aparelho apenas em caso de necessidade e, ainda assim, de forma discreta. Também é importante guardar o celular de forma que o seu acesso seja dificultado. Se estiverem em bolsas e mochilas, que devem ser discretas, sempre mantenha o acessório colado junto ao peito. 

Opção B

Outra estratégia que pode ser adotada por quem depende de ônibus, trem ou metrô na cidade de São Paulo é, sempre que possível, ter um celular antigo apenas para essas viagens. Com isso, caso o aparelho seja roubado, você ainda terá o seu smartphone principal em casa. 

O mesmo vale para um notebook mais barato, que vai atrair menos a atenção dos ladrões e, caso seja roubado, não causará um rombo tão grande no seu orçamento. 

Atenção

Por fim, é imprescindível que o passageiro esteja sempre atento antes de entrar no transporte público, durante a viagem e ao descer do coletivo. Dentro do transporte, procure sentar-se próximo ao motorista. Se isso não for possível, fique atento com quem se aproxima ou esbarra em você. Em trens e metrôs, evite andar sozinho dentro dos vagões e, mesmo que o cansaço seja extremo, tente não cochilar durante a viagem. E, é claro, sempre faça um backup das informações contidas nos seus aparelhos eletrônicos. Assim, caso você acabe sendo furtado ou roubado não perderá seus arquivos.

Siga o Rede Noticiando

Quer saber mais notícias sobre o transporte público?

Curta a nossa página no Facebook.

Siga o @RedeNoticiando no Twitter.

Siga o nosso perfil @redenoticiando no Instagram

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.