A prefeitura de São Paulo, sob o comando de Ricardo Nunes (MDB), estuda liberar o uso de máscaras de proteção em locais públicos já na segunda quinzena deste mês de outubro. A liberação deve valer apenas para ambientes externos, ou seja, áreas ao ar livre sem aglomeração.

Para a medida entrar em vigor na cidade, a administração municipal vai adotar uma série de critérios, como o índice da população vacinada e a taxa de mortalidade por Covid-19. Os técnicos da Secretaria Municipal da Saúde estão analisando os dados epidemiológicos para definirem a viabilidade da medida.

A estimativa é que, em 15 de outubro, 90% da população adulta tenha recebido as duas doses da vacina. Nesta terça, dia 5, 82% da população adulta estava imunizada com a segunda dose.

Recentemente, o governador João Doria (PSDB) disse que o uso de máscaras permaneceria obrigatório, pelo menos, até o final do ano no estado de São Paulo.

Nesta segunda-feira, Dia 4 de outubro, o estado tinha 99% da população acima de 18 anos vacinada com a primeira dose e 76,81% com o esquema vacinal completo. Entre a população geral, são 82,42% da população com a primeira dose e 58,91% com as duas doses ou a dose única.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.