O secretário-executivo da secretaria dos Transportes Metropolitanos, Paulo Galli, vai assumir a titularidade da pasta após o pedido de demissão do agora ex-secretário Alexandre Baldy.

Baldy entregou sua carta de demissão nesta segunda-feira, dia 18 de outubro de 2021, informado que vai se dedicar à sua pré-candidatura ao Senado Federal em 2022, onde pretende disputar as eleições por Goiás. Baldy é filiado ao Partido Progressistas.

Galli já esteve à frente como titular da STM em 2020 quando o então secretário Alexandre Baldy, foi preso na Operação Lava-Jato e ficou afastado do cargo.

Segundo nota do governo paulista, Galli assume a titularidade da pasta de forma interina. O governador João Doria (PSDB), deve anunciar um novo nome nos próximos dias.

Galli terá a missão de chefiar a STM, que cuida diariamente (em tempos normais) do transporte de cerca de 10 milhões de passageiros que usam os ônibus gerenciados pela EMTU, além dos trens do Metrô, da CPTM e das linhas 4-Amarela e 5-Lilás, concedidas à iniciativa privada. A Estrada de Ferro Campos do Jordão, no interior do Estado, também é responsabilidade da STM, assim como o Parque Capivari, igualmente em Campos do Jordão e concedido à iniciativa privada.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.