junho 23, 2021

O Metrô de São Paulo obteve uma vitória na justiça em relação as obras no Complexo Rapadura, que faz parte das obras de expansão da Linha 2-Verde até a Penha.

O local será usado inicialmente para a montagem do “tatuzão”, que fará a escavação dos túneis, e no futuro, vai abrigar um estacionamento de trens.

O conselheiro Roberto Braguim revogou a ordem de suspensão dos efeitos do Termo de Permissão de Uso a Título Precário e Provisório nº 003/SUB-AF/2020, que impedia obras no local.

A decisão cita manifestação favorável emitida pela Coordenação de Licenciamento Ambiental/CLA da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente/SVMA, sobre pedido de permissão do uso das áreas municipais.

As obras no local foram barradas na justiça após um grupo de moradores protestarem contra a retira de árvores na região, entre as quais, algumas são de espécies exóticas.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

  1. X-Games says:

    Só vale ressaltar que o metrô está ainda com processos no estadual e federal. Ele conseguiu “””vencer””” no TCM (Tribunal de contas do município).

    Mas, as obras já estavam ocorrendo mesmo com a suspensão de uso. Então o metrô estaria fazendo uma movimentação ilegal durante 2 semanas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.