Em 2020, foram registrados mais de 15 mil falhas nos ônibus municipais. As cinco linhas que mais apresentaram problemas, foram aquelas operadas por trólebus.

A informações foram publicados pelo Bom Dia SP com dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

Mesmo em ano de quarentena contra o coronavírus, com a frota reduzida, a capital registrou um total de 15.524 falhas nos coletivos.

Segundo o levantamento, as cinco linhas que mais apresentaram problemas, e são operadas pela mesma empresa, a Ambiental Transportes, são:

2290 – São Mateus ao Parque Dom Pedro II;
342M – São Mateus até a Penha;
4113 – Ipiranga até a República;
2100 – Carrão até a Sé;
3160 – Vila Prudente até o Parque Dom Pedro II.

De acordo com o texto, a linha que mais apresentou problemas em ônibus foi a 2290, que liga o Terminal São Mateus, na Zona Leste, ao Terminal Parque Dom Pedro II, no Centro, representando 6% dos registrados.

A segunda posição, com 4,2% das falhas de todo o ano na cidade, ficou com a linha 342-M, que também sai de São Mateus, mas vai até a Penha. Neste percurso motoristas e passageiros apontaram 654 falhas ao longo de 2020.

A SPTrans considera qualquer problema reportado por passageiros e motoristas como falha, não necessariamente que interrompeu a operação, ou que fez os veículos pararem no trajeto.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.