O Metrô de São Paulo reabriu a licitação para a realização do projeto-básico da linha 19-Celeste, que vai ligar Guarulhos, na região metropolitana, até o centro da capital.

A ligação será entre Bosque Maia (Guarulhos) e Anhangabaú (São Paulo).

Segundo a publicação oficial, as propostas devem ser entregues em 3 de maio de 2021.

LICITAÇÃO Nº 10015085 – PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO BÁSICO DA LINHA 19-CELESTE, ENTRE AS ESTAÇÕES BOSQUE MAIA E ANHANGABAÚ, DA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO. O Edital e todos os seus anexos estão disponíveis gratuitamente no site da Companhia do Metrô, http://www.metro.sp.gov.br, a partir de 16/12/2020. Sessão pública de recebimento de documentos e propostas: 03/03/2021, às 10:00h, na Rua Boa Vista, 170 – CIDADE I – Mezanino – Auditório C – São Paulo, Capital.

A concorrência anterior foi anulada pelo Tribunal de Contas do Estado à pedido do sindicato que reúne as empresas de projetos, o SINAENCO.

O ramal deve contar 17,6 km de extensão e 15 estações e com uma demanda prevista de 525 mil passageiros por dia.

47 trens devem ser adquiridos pelo Metrô de São Paulo para operar nesta linha.

Em relação as 47 composições, todos eles devem seguir o padrão visto na linha 4-Amarela, com bitola internacional (1.435mm) e o sistema de sinalização CBTC e padrão de automação GoA4, que permite que os trens circulem sem operador.

As 15 estações da linha 19-Celeste serão à seguintes: Bosque Maia, Guarulhos, Vila Augusta, Dutra, Itapegica, Jardim Julieta, Jardim Brasil, Jardim Japão, Curuçá, Vila Maria, Catumbi, Silva Teles, Pari, São Bento e Anhangabaú.

Está previsto conexões da Linha 19 com 3-Vermelha do Metrô em Anhangabaú, 1-Azul em São Bento, 11-Coral da CPTM (numa futura estação do Pari) e, futuramente, com a 2-Verde, isso quando o trecho até a estação Dutra sair do papel.

A gestão Doria espera que esse novo ramal seja construído e operado pela iniciativa privada, no entanto, a modelagem de concessão só será feita após a conclusão do projeto básico, que tem prazo de 25 meses para ser entregue por completo.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

  1. Reginaldo lima says:

    Maior sofrimento trabalho na zona sul e moro em Guarulhos trevo de Bonsucesso um fracasso . Aí fazem um trem que liga engenheiro gulart, uma piada. Poxa uma ligação assimde metrô até adiantaria um pouco pq uma condução de 7.55 + 4.40 e pesado guarulhos já passou da hora de ter um metro as rodovias iriam ficar mais leves as pessoas deixariam o carro em casa

  2. Tatiane Duarte says:

    Gente linha para o bosque Maia pra que sendo q é próximo de SP, quase na divisa. O fluxo maior é dos bairro beirando a Dutra até o terrível trevo do Bonsucesso. O trânsito é todo dessa população que usa EMTU pela na Dutra e marginal. Uma linha suspensa, direta e reta. Rápida e barata . Deixaria a rodovia bem mais livre. E a vida dos trabalhadores bem mais fácil. Tem dias q de passa 3 horas no trânsito da Dutra. Num percurso de 30 min.

  3. Eduardo Tadeu Bispo says:

    Porque não continua com a linha azul, até guarulhos. Aeroporto ou saído de Santana. Vai fazer outra linha paralela?????? Economiza dinheiro gente !!!!! Que vai dar certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.