As sete linhas operadas pela CPTM podem ser afetadas por uma greve nesta quinta-feira, 27 de maio de 2021, caso a operadora mantenha o calote na PPR 2020.

A informação foi confirmada por meio de uma nota conjunta entre o Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana, Sindicato dos Ferroviários de São Paulo e Sindicato dos Engenheiros, do qual informara que a CPTM não se posicionou favoravelmente quanto ao pagamento do acordo salarial que foi proposto pelo Ministério Público do Trabalho referente ao Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2020, que foi dividido em duas parcelas.

Uma proposta final deve ser apresenta pela CPTM nesta quarta-feira, dia 26, no Tribunal Regional do Trabalho. Hoje vence o prazo de quinze dias pedido, para evitar a greve.

Se não houver acordo, a paralisação acontecerá como forma de protesto, informou o presidente do Sindicato dos Ferroviários da Sorocabana, José Claudinei Messias.

Leia a nota conjunto abaixo falando sobre a possível greve:

“O Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana, em conjunto com o Sindicato dos Ferroviários de São Paulo e Sindicato dos Engenheiros, que representam os ferroviários da CPTM, garantem a paralisação programada para o dia 27 de maio, caso a CPTM insista em não aceitar o acordo proposto pelo Ministério Público para o pagamento do PPR 2020.

A empresa não efetuou o pagamento da primeira parcela e agora tenta ganhar tempo para também não cumprir com a data da segunda parcela. O posicionamento da CPTM será apresentado em audiência no TRT amanhã (quarta-feira), dia 26 de maio. A empresa solicitou o prazo de 15 dias na audiência anterior pois, segundo informou, faltava apenas uma Secretaria de Governo para homologar o acordo.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Ferroviários da Sorocabana, José Claudinei Messias, caso a CPTM não aceite a proposta do TRT, a categoria anuncia que cumprirá com a greve já anunciada para quinta-feira, dia 27 de maio. O Governo do Estado tem de respeitar os ferroviários da CPTM, que por serem considerados linha de frente trabalharam e se dedicaram todos os dias, mesmo nos picos da Pandemia do Coronavírus. O dinheiro do PPR estava reservado e consta do orçamento da empresa e do Estado.”

GREVE ADIADA

Ferroviários da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) decidiram suspender a greve que tinha sido anunciada para esta quinta-feira, 27 de maio de 2021. Até pelo menos 24 de junho não haverá paralisação.

A decisão foi tomada em assembleia virtual na noite desta quarta-feira, dia 26.

Com isso, todas as linhas funcionam normalmente nesta quinta-feira, dia 27 de maio de 2021.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.