O governo de São Paulo quer que modelagem da Linha 20-Rosa do Metrô, tenha custos próximos a zero para os cofres públicos.

Segundo Alexandre Baldy, secretário dos Transportes Metropolitanos de São Paulo “nosso objetivo é que a gente consiga fazer uma modelagem para que o Estado possa fazer o mínimo de investimentos, ou não fazer investimentos com orçamento público ou tomada de capacidade fiscal”.

A linha 20-Rosa é o primeiro projeto de metrô de alta capacidade para o ABC Paulista, e vai ligar Santo André até a região da Lapa, na zona Oeste da capital paulista.

O BRT-ABC, corredor de ônibus que será construído pela Metra, colocado como altenartiva ao monotrilho da Linha 18-Bronze, também deve se conectar com a futura linha 20.

“A intenção é que a gente consiga atrair, conforme o modelo que foi feito na Ásia, e conforme modelagem construtiva vem sendo entregue em Barcelona, com inovações importantes que vão ser apresentadas no tempo certo – seja no modelo construtivo da própria linha, ou seja no modelo de contratação para investidores interessados”.

LINHA 2O-ROSA

A Linha 20-Rosa deve ligar as estações Santa Maria, no bairro da Lapa em SP, até Santo André, no ABC Paulista. Serão 31 km de extensão, 25 estações, com integrações com outras linhas da rede metroferroviária.

A expectativa é que a nova linha transporte cerca de 1 milhão de passageiros por dia, sendo 32 mil passageiros por hora (no máximo).

*Com informações do Diário do Transporte

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.