A decisão de retirar a gratuidade nos transportes para pessoas com idade entre 60 e 65 anos ainda causa polêmica. A “bola da vez” foi a declaração do secretário de Projetos do governo de São Paulo, Mauro Ricardo, durante uma entrevista para a rádio CBN.

Segundo Mauro Ricardo, “não há qualquer necessidade de assistência social a essa faixa etária, de 60 a 64 anos, que hoje são jovens. Hoje, a expectativa de vida está em torno de quase 77 anos de idade. Não há qualquer necessidade de dar benefícios a essa faixa etária, de 60 a 64 anos, e retirando do restante da população, inclusive da população mais carente, para atender essa faixa etária de 60 a 64 anos”.

No dia 23 de dezembro de 2020 a prefeitura da capital e o governo estadual lançaram uma nota conjunta informando o fim da gratuidade para pessoas entre 60 e 65 anos, que começaria a valer já a partir do dia 1° de janeiro. Essa data foi postergada logo em seguida e a nova regra começa a valer no dia 1° de fevereiro de 2021.

Ficou estabelecido que a gratuidade nos ônibus gerenciados pela SPTrans, os trens do Metrô e da CPTM, e os veículos intermunicipais sobre responsabilidade da EMTU, que pessoas entre 60 e 65 anos irão perder o direito de viajar sem pagar tarifa, tendo como obrigatoriedade, a partir de fevereiro, realizar o pagamento da passagem.

A justificativa do secretário do Doria soa com tom irresponsável, já que, apesar de “jovens”, diversas pessoas entre 60 e 65 anos utilizam a gratuidade para ir a consultas médicas em sua maioria. Infelizmente, mais uma derrota do povo paulistano.

*Com informações do site MetrôCPTM

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Ruan

Sou estudante, auxilar de redação e criador de conteúdo do Rede Noticiando. Games e música estão entre meus temas favoritos.

Posts relacionados

  1. Edson alves says:

    Desde o Fernando henrrique cardoso essa doença chamado pmdb psdb não contribui nada com a população,políticos como jose Serra bruno covas Doria são párias da sociedade nenhum tem valor moral nem para existir,o bruno refez o Anhangabaú porque.

  2. Isto é uma vergonha esperarao passar as eleições para dar uma facada no povo idoso indguinada nossa querem mexer com tudo tanta coisa para fazer psdb não vai ter mais meu voto ..Não podemos esperar nada de bom de político quando a gente menos espera eles nos supreendem com uma notícia ruim isto é brasil

    • Judas Iscariotes says:

      As pessoas precisam aprender a desconfiar dos políticos, elas tem apenas o que merecem, um dia o Covas foi um político inexperiente e teve oportunidade, talvez por causa do QI do seu vô, mais ficamos indignados quando um jovem parente nosso não consegue emprego por não ter experiência, ele realmente pode não ter, mas tem capacidade de aprender e ser melhor do que tem experiência. Cara votar em alguém que acha que realmente deve viver de salário de político queria esperar o que, que ele assinasse documento pra doar seu salário só invés de ajustar pra cima? Parabéns por não pensarem, por votarem em tudo que odiamos mas quando apresentado em uma embalagem bonita aceitamos, prós próximos 4 anos desejo a todos “Força, foco e fé” pra suportar tirar o passe do idoso pra ajudar o salário do prefeito.

  3. Marcia silva de morais says:

    Na minha opinião se caso valer alguma coisa porque nas eleição meu voto vale eu acho que deveria deixar a gratuidade de idosos de 55 ou mais devido muitos ser aposentado pelo BPC e foi um dos qual não teve vantagem de nada nessa pandemia mais são muitos que precisa do anibus gratuito pra ir ao medico ou etc… e outros deficiente precisa os obesos precisa e não e gratuito so tem a vantagem de pagar a passagem e decer pela frente que vantagem as pessoas tem nenhuma agora as pessoãs vão escolher nessa crise come ou paga condução

  4. Alessandro says:

    O problema não é Doria, Covas, Bolsonaro, Lula, estes são apenas atores principais deste capítulo de uma novela politica falida para o povo que os elege. Vocês já repararam que a nossa política “fabricam” cidadãos escravos no que tange o crescimento pessoal, social? Até quando o brasileiro vai aceitar que cargo político é para fazer carreira? Até quando vamos continuar aceitando e corraborando para que um cidadão brasileiro precise trabalhar 10x mais que um Europeu ou Americano para ter a mesma coisa? Até quando vamos continuar sem entender como a gasolina sai da refinaria à 1,90 e chega na bomba à 4,30 ? É só impostos? Não, lembrem-se, impostos incidem principalmente no lucro presumido da operação, em quantas mãos essa gasolina passa para chegar ate a bomba? Vivemos em im País que é o maior produtor agrícola Mundial e quando temos uma pandemia o empresariado prefere exportar toda produção possível causando desabastecimento para o mercado local (vide o arroz). Não temos somente os politicos como problema, precisamos olhar a nossa volta também, todas essas ações, entre outras, como por exemplo vídeos explicando como ganhar 500% na venda de um produto, o que nos faz acreditar em uma das poucas coisas que o Sr ex Lula falou, ainda temos entranhado em nossa sociedade comercial e empresarial o modo português de colonização, comprar pelo minimo e vender pelo máximo, lei se Gerson, entre outras crenças brasileiras para se dar bem, e a meu ver o desigualdade social não é só culpa do governo. Eles contribuem e em muito formando ignorantes com a péssima educação que temos, e digo, desde depois o movimento das diretas, a educação foi ladeira abaixo pois politizaram para uso de objeto de manobra, e a sociedade também se utiliza do mesmo recurso para mesma finalidade. Antes que venha alguém falar, nem de longe estou fazendo apologia à aquele tempo sombrio brasileiro. Pensem, um governo (estou falando desde sempre), cria seus cidadãos para terem dificuldades financeira, e onde os que tem mais recursos para uma educação melhor, indiretamente tbm se vale deste abismo social para se dar bem, como por exemplo, até no meio acadêmico, não encontramos acesso real para as coisas. Ao pesquisar qualquer assunto técnico, encontramos muita coisa “lá fora”, e quase nada relevante aqui, afinal, tem que pagar. As coisas ja melhoraram, mas quem não se vira, fica aqui, sem perspectiva de aposentar com dignidade, sem segurança alguma, e fala sério, qual diferença vai fazer no cx da prefeitura alterar a idade da gratuidade? Agora o que o ministério publico não viu, se a gratuidade foi regulamentada através de uma lei, alterar essa lei, não pode tirar o direito já adquirido, pode nao prover para quem for completar 60 anos, mas não tirar direito. Do mesmo jeito que o ministério publico deve estar dormindo também com o monopólio conseguido da Zona Azul paulistana através de uma licitação direcionada pela Estapar. Não seria melhor gastar 50 milhões que fosse para o desenvolvimento de um App de controle da Zona Azul do que dar toda arrecadação para uma só empresa? Pois qual a contra partida para cidade? A Estapar vai asfaltar a rua? Vai consertar calçadas? Vai fornecer mobolidade? NAO!!!! Se vocês não sabem, a fiscalização continua com a CET, a estapar nem pode fiscalizar nada. Ou seja, a empresa ficou com o bônus e a prefeitura com o Ônus em troca d e meia duzia de carro para CET. O contribuinte só perde, não temos mais desconto ao comprar CADs, qdo estacionamos temos a privacidade invadida ao ser monitorado pelo gps, não dá por exemplo, usar 15min e mudar o carro de lugar com o mesmo cartão (compramos 1 hora, nao importa aonde), e pergunta, se roubarem meu carro na zona azul, a estapar vai pagar? Afinal é um estacionamento privado. E tudo isso pra quê? Arrecadar o iss de 5% sobre o faturamento da zona azul? E os outro 95% ? Um sistema não custa tudo isso. Bom, estou querendo dizer que, enquanto o brasileiro nao se unir em torno de um bem comum ( apolítico ), isso daqui nao vai mudar. As coisas só mudarão a hora que o povo deixar de ser povo para se tornar cidadãos, exigindo seus direitos mas não esquecendo, ou para muitos, aprendendo também os deveres de um cidadão, que hoje não ensinam mais, brasileiro só tem direito, e esse é um dos muitos motivos de entra ano, sai ano e estamos na mesma.

  5. Minha mãe sempre disse: Cada um tem aquilo que merece.
    Tava aí pra tentar melhorar suas vidas e dispersaram a melhor oferta ficando com a mesmíssima dupla que só fazem por eles mesmos.
    Bem feito!

  6. Jose R Bertelini says:

    É engraçado, esses dois vigaristas, pilantras, acham que a população bessa faixa de idade não precisa de ajuda por serem jovens, mas, eles podem ter todo o tipo de benefícios, inclusive, o transporte. Porque, não fazem como todos os trabalhadores, paguem com os seus salários..

  7. Porque os políticos não são corajosos a ponto de retirarem os benefícios de gratuidade nos transportes, se derem aumento de salário, tirar os benefícios do IPVA para PCD, antes das eleições, claro, não ganhariam pra nada.
    Depois das eleições, é o presente que dao a quem votaram neles.

    • Anônimo says:

      Bem feito pra esse povo que aceita tudo caladinho.
      São ferozes com técnicos e jogadores de futebol e cordeirinhos com quem nos governa.

  8. Cristina Soares says:

    Creio que é uma boa medida. Não entendo que tanto as pessoas de idade ficam viajando de ônibus e metrô. Toda a manhã lotada de idosos a parte frontal dia coletivos.

    Em meio a Pandemia creio que essa medida desestimula os idosos a sairem de casa. Ponto para Doria e Bruno.

    • Fernando Barradas Rezende says:

      Com todo respeito a vc , a maioria desses idosos ainda tentam trabalhar ganhando um mínimo que seja pra se sustentar pois nem sempre as familias os acolhem , e muitos saem cedo poraue se não chegar ceno não sao atendidos pelo sistema de saude pública, e ainda tem os que vão até as casas dos filhos cuidar dos netos pros pais poderem trabalhar, tem tbm os idosos que acompanham outros idosos ao medico pois a família ja abandonou e eu poderia citar mais exemplos do porque os idosos andam de ônibus . mas é a sua opinião e eu vou respeitar .

    • Anderson says:

      E irmão um dia vc vai ser idoso,imagina vc na situação deles, principalmente com salário que muitos ganham de aposentadoria,vc so pensa em vc parabéns

  9. Dalziza says:

    É vergonhoso esses políticos sendo sustentado pelo povo até no combustivel e nas mordomias ,e eles tirando das pessoas de 60 anos o direito do transporte grátis .
    A pessoa paga 55 anos de transporte e chega aos 60 anos vem um maldito e tira esse direito.
    Já tiraram o direito da classe baixa ter casa própria , já mexeram na aposentadoria , e se eles continuarem no governo vão tirar até sua roupa e o direito do povo viver.

  10. Anônimo says:

    Se a Marta Suplicy, se arrepende das taxa que criou, tanto o Preferito quanto o Governador e o Sr Presidente, vão se arrepende das peripecias que eles consideram necessária. Muitos pode achar o povo ignorante mas quando afeta o bolso todos abre os olhos assim espero. Como eu não votei em nenhum deles. Se a população precisa do Governo os Candidatos tambem precisa da população, pra mim é uma via de mão dupla cada um que escolha a via a seguir.

  11. Na próxima eleição vocês votem no Bolsonaro e no PSDB….QUE VCS VÃO CONTINUAR SE LASCANDO…ARROZ CARO FEIJAO CARO OLEO CARO E AGORA VAO PAGAR PASSAGEM….KKK…VOTEM NELES NAS PROXIMAS ELEIÇOES…V SE O POVO AMERICANO SÃO REGENS DO GOVERNO…LA SÃO ELES QUE MANDAM.

  12. FRANCISCO MOURA LIMA says:

    Eu acho é pouco, quem mais votou no força, foco e fé foi a população idosa que achou ele ser o bem preparado. Mas com certeza já estava preparado na mente dele tirar esse benefício. Aproveita agora população idosa enquanto não tem transporte gratuito para fazer caminhada. Vejam o lado bom.

    • Caroline says:

      Quero é mais fogo no parquinho pois para os paulistas pouca miséria é besteira. Pessoal da 3° idade votou em peso no Bruno tudo que ele fizer é culpa desses semi analfabetos, acho é pouco kkkkkkkkkkk
      Agora vão lá pra rua pedir pela gratuidade do transporte, bando de animal kkkkkkkkk

  13. André Speck says:

    Sou PCD( portador de deficiência físico) Cid 10 G60.0 M75.1perdi a isenção do ICMS a veículo novos e ao IPVA em SP. Minha resposta aos poiticos cegos e gananciosos é a informação conto para todos via wappsapp e mídia o que eles fazem contra a população e fazendo um trabalho formiguinha peço para não acreditar nas promessas destes que trabalham contra o povo.

  14. Gilmar euripedes da silva says:

    Que estes vagabundos tanto este prefeito quanto o governador se depender do meu voto não seram elqeitos nem para síndico de prédio que os dois vão abraçados para o inferno

  15. Sandro Guerreiro says:

    Realmente uma vergonha, eles aumentam os próprios salários e benefícios, tirando do povo que já ganha pouco e pagam muito imposto.
    Bruno Covas e Doria são as piores coisas q aconteceu para São Paulo. Diria um câncer para cidade.
    Espero q todos lembrem disso em 2022 e não coloquem o Doria como presidente do Brasil

    • HAMILTON says:

      Sem problema…. Ainda eles vão se candidatar. …um para governador e o outro para presidente…. esta atitude,vai ser uma bela arma para os seus oponentes. Toda família tem pelo menos um velhinho. Marta Suplici se arrepende até hoje de ter criado a taxa de lixo…. Não ganhou mais nada de interessante na nossa política. Eles que durmam com este barulho agora

  16. Sandro Guerreiro says:

    Realmente uma vergonha, eles aumentam os próprios salários e benefícios, tirando do povo que já ganha pouco e pagam muito imposto.
    Bruno Covas e Doria são as piores coisas q aconteceu para São Paulo. Diria um câncer para cidade.
    Espero q todos lembrem disso em 2022 e não coloquem o Doria como presidente.

  17. Pois é, belo presente de reeleição, parabéns!!! Isso é Brasil… O povo só tem olhos para a política brasileira nas eleições,uma vez eleitos, são esses os presentes para o povo…

    • Sérgio says:

      Amaldiçoados ! Todos esses hipócritas vão arder eternamente no quinto dos infernos. Bruno Covas teu câncer vai te devorar em tempo recorde. Joana Apolinária Doriana; teu fim, há de ser bem pior…quem viver verá.

  18. Anônimo says:

    Pois é, belo presente de reeleição, parabéns!!! Isso é Brasil… O povo só tem olhos para a política brasileira nas eleições,uma vez eleitos, são esses os presentes para o povo…

    • Isso é bem feito pra quem votou nesses lixos….sinto muito pelas pessoas que não votaram e ter que aguentar esse vermes desgraçados

  19. Anônimo says:

    O povo só irá sair na rua quando começar a passar fome igual na Venezuela. Fora isso não vai, povo preguiçoso e acomodado.

  20. Ninguém says:

    Bem feito para os eleitores do Covas. Vai se acostumando que é disso pra pior. Agora engole seco e sem reclamar

    • Elson Oliveira says:

      Continuem votando nós ficamos seus paulistanos sem noção. A 30 anos eles comandam a política em São Paulo. Bem feito é o que dá não mudar.kkkkkl

  21. Maria socorro Ramos Fernandes says:

    É porque eles não pegam ônibus , se é direito nosso porque tirar a gratuidade de podermos usar ! Pra aumentar o salário deles ? São Ipócritas ignorantes é inaceitável ,mas o uma vez o povo sofrendo consequência ,minha revolta .

  22. Politico Mata says:

    Essa esquerda maldita sempre tirando de quem precisa e aumentando imposto com a justificativa de ajuda o “mais carente”

    Vocês todos de esquerda são o lixo da humanidade, malditos !

  23. Leandro says:

    Derrota pq o povo não sai na rua para protestar com vontade, mais sai na rua pra encher a cara de pinga e fazer arruaça em festinhas no meio da rua.

    • Bruno Covas, e João Dória com esse ato, decretaram o seu fim político em São Paulo, tenham certeza.
      Muitos desses “jovens” com idades entre 60 e 65 anos, são desempregados e sequer conseguiram se aposentar.
      O argumento utilizado como justificativa, é insidioso e imoral, tendo em vista o reajuste do salário do Prefeito e o efeito cascata decorrente.

  24. Nelson Amaral says:

    Imoral, desnecessária e irresponsável foi o reajuste salarial do prefeito Bruno Covas e demais cabides de empregos que os contribuintes pagam!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.