O Governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo até o dia 30 de junho.

A decisão foi tomada após o aumento nos índices de infecção de internação pela COVID-19, além do risco de novas variantes em todo o Estado.

O toque de recolher continua das 21h às 05h, com restrição nesta faixa horária.

O escalonamento de horários de ttrabalhadores para evitar lotação excessiva nos ônibus, trens e metrô, também fica mantido. Lembrando que não é obrigatório!

Havia uma expectativa que a partir do dia 14 uma nova fase, mais flexível, seria implantada em todo o Estado, no entanto, pelo menos por enquanto, essa opção está descartada.

Fase de transição

No final de maio, o comércio foi autorizado a elevar a capacidade máxima de 30% para 40%. Na prática, porém, não há lei, multa ou fiscalização para verificar esse percentual.

O estado de São Paulo está, desde 18 de abril, na chamada “fase de transição” do Plano São Paulo, que regula o funcionamento dos setores da economia.

Esta fase, criada para representar uma etapa transitória da fase emergencial, a mais rigorosa da quarentena, não leva em consideração os indicadores da pandemia no estado.

Se índices como taxa de ocupação de leitos fossem levados em conta, a maior parte da população do estado estaria na chamada fase vermelha.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.