A diretoria da CPTM utilizou uma litorina, construída entre os anos de 1949 e 1962, para a realização de uma reunião e vistoria de avaliação do trecho entre a Estação da Luz e a Vila de Paranapiacaba.

A vistoria foi realizada para a volta do Expresso Turístico, onde as viagens devem voltar a ocorrer a partir do dia 8 de agosto de 2021.

O Apelido das Automotrizes “litorina” nasceu em 1937 com a chegada das Automotrizes diesel-mecânicas da Fiat para a EFCB (Estrada de Ferro Central do Brasil) que começaram a operar as rotas Rio-São Paulo e São Paulo Rio e Rio – Belo Horizonte. Em 1958 chegam ao Brasil provenientes da The Budd Company (indústria Americana especializada na fabricação de Vagões e Carros de passageiros) as primeiras automotrizes em aço inox, encomendadas pela R.F.F.S.A. (Rede Ferroviária Federal S/A) , o apelido de Litorina foi mantido para os carros da Budd e até mesmo publicado em propagandas oficiais.

O Budd Rail Diesel Car, uma automotriz a diesel, foi totalmente reformada pela CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

Existe um estudo para que a litorina seja incorporada e preste serviços para à CPTM no Expresso Turístico.

Em uma rede social, o presidente da companhia Pedro Moro, mostrou detalhes do trem:

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.