A tecnologia da informação (TI) é um dos setores promissores que as pessoas que estão em busca de uma profissão precisam ficar atentos. Existem algumas razões para que essa área se torne uma das prioridades na escolha profissional de quem está em busca de se inserir no mercado de trabalho.

Um dos principais motivos de atração dessa área é a escassez de profissionais qualificados para ocupar a demanda de empresas, cada vez mais crescente a cada ano. De acordo com a Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), são 46 mil novos profissionais de TI formados no Brasil a cada ano.

O número parece satisfatório, mas a estimativa dessa pesquisa mostra que as empresas brasileiras vão precisar de 420 mil profissionais de TI até 2024. Ou seja, se forma menos pessoas do que o mercado exige. Então, quem é capacitado e entra no mercado encontra vagas de emprego em muitos setores.

Mesmo assim, é interessante entender como estão as tendências do mercado de tecnologia atualmente. A pandemia mexeu muito com as empresas, e as profissões em alta em TI tomaram novas caras.

A consultora internacional de recursos humanos Robert Half publicou em seu Guia Salarial de 2021 quais são as tendências do futuro na área de Tecnologia. Segundo esse guia, o profissional ganhou destaque por causa do processo acelerado de transformação digital das empresas.

Se você é engenheiro ou estudante de engenharia, ou se atua com tecnologia ou está em busca de uma profissão para seguir, confira quais são as carreiras do futuro em tecnologia, de acordo com o Guia Salarial 2021 da Robert Half.

Arquiteto de Segurança

Quem trabalha com arquitetura de segurança tem uma responsabilidade muito grande dentro de uma empresa. Isso porque esses arquitetos têm a função de construir e otimizar as estruturas de segurança que garantem a proteção virtual. Eles são responsáveis por criar um ambiente tranquilo, que impeça a invasão de hackers que possam afetar ou sabotar os negócios. Ele impede também o vazamento de dados de usuários para a empresa trabalhar de acordo com a LGPD.

Segundo a plataforma de salários do Glassdoor, a remuneração média mensal desse profissional se aproxima de R$ 6.900.

Especialista em Transformação Digital

Uma das tantas coisas que a pandemia veio provar é que as empresas precisam estar cada vez mais adaptadas aos ambientes digitais. Se não se provarem modernas o suficiente para aproveitar o movimento online, as chances de conseguirem se manter funcionando são muito menores. Por causa disso, os especialistas em transformação digital estão sendo buscados por empresas que não querem ficar atrás do mercado quando o assunto é tecnologia.

De acordo com a plataforma do Glassdoor, o salário médio de um Especialista em Transformação Digital no Brasil é de aproximadamente R$ 7.700 por mês.

Detetive de Dados

O nome “detetive de dados” é bem chamativo, e ele é um bom título para a atuação desses profissionais. Esse tipo de detetive é um profissional de tecnologia que vai atrás de dados e microdados pela internet para levantar bases que podem ser úteis do ponto de vista estratégico das empresas. O especialista organiza essa base de dados para monitorar os conhecimentos e encontrar soluções para possíveis problemas.

A Robert Half indica que os salários de pessoas que trabalham como cientista ou engenheiro de dados podem variar entre R$ 13.100 e R$ 26.700 por mês.

Engenheiro de Inteligência Artificial

Há alguns anos, a Inteligência Artificial começou a entrar em alta em empresas do setor tecnológico de todo o mundo. Alguns cargos foram criados junto a essa demanda para aproveitar o conhecimento de especialistas nessa área. O engenheiro de Inteligência Artificial é o responsável pela programação, desenvolvimento e execução de sistemas e softwares inteligentes. Também é responsável pelo design dos softwares, implementação e testagem desses modelos.

Em empresas importantes, engenheiros de Inteligência Artificial têm salários que costumam girar em torno de R$ 25.000 ao mês.

Outras carreiras de TI em alta

Essas são as quatro carreiras do futuro citadas pela Robert Half para a área de tecnologia. A pesquisa da empresa de consultoria faz esse levantamento aprofundado com base nas necessidades mais urgentes das empresas. Por isso, acaba apresentando profissões não muito comuns e mais específicas.

Mas há outras profissões em alta na área de tecnologia, que também possuem essa alta procura e pouca mão de obra no mercado. Vale citar algumas populares, como programador, desenvolvedor, gestor de projetos e big data.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.