maio 18, 2021

O trabalho dos motoristas da rede pública demanda horas de concentração, atenção e habilidade motora. Ele exige muito não só do corpo, como também do cérebro.

Em tempos complicados, com dificuldades como mudanças repentinas na jornada de trabalho e na possibilidade de férias, situações que até levaram a uma paralisação dos motoristas da Viação Grajaú, o estresse tem o potencial de se tornar um grande inimigo junto ao já tradicional cansaço.

Manter a saúde do cérebro em dia é importante não só para a qualidade do trabalho, que pode colocar pessoas em risco quando não é feito com toda a atenção possível, mas ainda para o corpo, que tem maiores chances de padecer quando as condições adversas se acumulam.

É por isso que os motoristas da rede pública devem buscar meios de cuidar da saúde cerebral e de realçar características como atenção, concentração e destreza.

A primeira dica para manter a saúde do cérebro em alta é ter um sono constante e regulado. Quem segue horários estruturados de trabalho deve também definir um horário para dormir e outro para acordar, e quem não conta com essa possibilidade deve ao menos manter uma constância na quantidade de horas dormidas.

Lucila Bizari Fernandes, coordenadora do Laboratório do Sono do Hospital São Paulo, explica que cada pessoa tem a sua quantidade necessária de horas de sono por dia, número que varia, mas que é em média de oito horas.

Outra ação fundamental para elevar características como concentração e atenção é o consumo de vitaminas que fazem bem para o cérebro. Para alcançá-la, a alimentação saudável é a melhor opção.

Especialistas listam as vitaminas do complexo B, a vitamina D, o selênio, o magnésio, a cúrcuma e o açafrão como as substâncias com a maior capacidade de melhorar a função do cérebro. Quem deseja mais concentração deve caprichar nos alimentos ricos em cada um desses elementos.

Quem não consegue ter uma alimentação rica e com substâncias que fazem bem para o cérebro, pode optar por suplementos. São muitos os produtos que oferecem o complexo B ou a vitamina D, por exemplo, e que podem assim ser muito importantes para a concentração, a atenção, os reflexos e as habilidades motoras.

Existem ainda substâncias que são especiais para a saúde do cérebro, como é o caso do Óleo de Krill, que contém fosfolipídios e ácidos graxos ômega 3 que são essenciais para conter a perda de memória e para auxiliar as funções cognitivas.

Atividades do dia a dia como leituras constantes, jogos de tabuleiro, palavras cruzadas, desafios matemáticos e aprendizado de novas atividades fazem com que o cérebro esteja sempre se renovando, mantendo sua capacidade em alta.

Um motorista da rede pública que tem sono e alimentação reguladas, consome as vitaminas necessárias e mantém o cérebro ativo tem a concentração, a capacidade cognitiva, a habilidade motora e a atenção necessária para encarar os desafios do dia a dia no trabalho e ainda resistir ao estresse e ao cansaço da profissão.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Redação Noticiando

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.