maio 18, 2021

Cerca de 167 trabalhadores que atuam nos ônibus da capital entre motoristas, cobradores e fiscais, foram à óbito em razão da COVID-19.

Foi o que mostrou um balanço divulgado pelo Sindmotoristas, entidade que representa os trabalhadores do transporte sobre ônibus na cidade de SP.

Conforme o documento, são 2242 casos suspeitos, 2084 casos confirmados e 167 mortes registradas. “Tais números evidenciam a necessidade da imunização dos trabalhadores. O Poder Público e as empresas estão tratando os profissionais do transporte como robôs. Isso é desumano, eles estão se contaminando e estão enfrentando o dia a dia de um modo heroico”, afirmou o presidente do sindicato, Valdevan Noventa.

A categoria promete entrar em greve no próximo dia 20 de abril, caso o poder público não se manifeste sobre a imunização dos trabalhadores do transporte público, já que eles atuam nos ônibus superlotados e correndo risco de contrair o vírus da COVID-19.

Siga o Rede Noticiando

Nos acompanhe em nossas redes sociais e tenha acesso a todo nosso conteúdo.

Quer receber nossas matérias em primeira mão? Assine nosso canal no Telegram.

A serviço da informação!

Igor Roberto

Paulistano, empreendedor e pai. É fascinado por temas relacionados a mobilidade urbana, transporte público e cinema. É o criador do site Rede Noticiando. Quer entrar em contato com o Igor? Envie um e-mail para igor@noticiando.net
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.