A partir deste sábado, 7 de julho, os operadores de trem da concessionária Via Mobilidade irão assumir o comando das cabines dos trens da frota P na linha 5-Lilás (Capão Redondo – Eucaliptos- Moema) e também os consoles do Centro de Controle Operacional, sob o acompanhamento dos funcionários do Metrô de São Paulo durante todo o dia.

Até então, os operadores de trem e os empregados do CCO (Centro de Controle Operacional) da concessionária assumiam os consoles em horários reduzidos, fora dos horários de pico, visando não impactar a operação plena dos trens.

Confira abaixo as etapas de transição:

Etapas de transição

Etapas de transição entre Via Mobilidade e Metrô de São Paulo na linha 5-Lilás (Foto: Rede Noticiando)

Nas últimas semanas, agentes de segurança e auxiliares de embarque tem sido figurinhas carimbadas nas estações do ramal lilás do Metrô, e o panorama deve aumentar. Vale ressaltar que desde que foi assinado o contrato de concessão da linha 5-Lilás entre o Governo do Estado de São Paulo com a Via Mobilidade, a concessionária tem feito a transição de 120 dias com o Metrô.

A concessionária assume a linha em definitivo no próximo dia 4 de agosto.

Concessão

O consórcio Via Mobilidade ganhou o leilão de concessão em janeiro deste ano para operar e administrar a linha 5-Lilás e a futura linha 17-Ouro do Monotrilho. O contrato foi assinado em abril, e deste então um período de transição tem sido realizado entre estatal e empresa privada, no dia 4 de agosto, inicia-se oficialmente a operação do consórcio que será válido por 20 anos.

Confira nosso vídeo no Youtube na cabine do frota P pelos túneis da Linha 5- Lilás

Redação

Equipe responsável pela produção de conteúdo do site Rede Noticiando.
Siga-me:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.